Cassilândia, Sábado, 24 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

21/09/2020 17:00

Roubo a banco frustrado teria sido ordenado por detento de Campo Grande

Grupo planejava manter família de funcionário em cárcere durante o assalto

Midiamax
Agência Sicredi de Cassilândia - GoogleAgência Sicredi de Cassilândia - Google

Estava planejado para acontecer nesta segunda-feira (21) o roubo a um banco em Cassilândia, cidade que fica a 430 quilômetros de Campo Grande. No entanto, o plano foi frustrado e ainda foi descoberto que teria sido orquestrado de dentro de um presídio na Capital.

As prisões aconteceram partir da informação de que um assalto a uma agência bancária aconteceria nos mesmos moldes do ocorrido em Nova Alvorada do Sul, em julho. Assim, equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros) identificaram a casa onde alguns suspeitos estariam, em Campo Grande.

Com isso, dois rapazes de 18 e 19 anos foram presos na Capital, enquanto um jovem de 18 anos foi preso em Cassilândia e um adolescente de 17 anos apreendido.

Como seria o assalto

A princípio, as informações dão conta que o grupo pretendia sequestrar e manter em cárcere privado a família de funcionário do banco. Então, ele seria obrigado a colaborar com o assalto e o grupo entraria na agência pelo forro. Com isso, os bandidos teriam acesso ao cofre e roubariam os valores, não especificados.

Além disso, foi apurado que o plano partiu de um detento, que está custodiado em unidade prisional de Campo Grande. Ele já teria sido identificado, mas não foram revelados outros detalhes sobre quem seria.

Prisões

No início da tarde de domingo (20), investigadores fizeram monitoramento na residência, no Jardim das Hortências, onde localizaram os dois suspeitos de 19 e 18 anos. Com eles, também foram encontradas as armas que seriam usadas para o crime, dois revólveres calibres 32 e 38, uma espingarda calibre 12 e uma carabina calibre 44.

Além destes, também foram localizados por outras equipes do Garras outros dois envolvidos em Cassilândia, sendo um deles um jovem de 18 anos. Este daria abrigo para a quadrilha realizar o roubo. Ele ainda confessou que receberia R$ 2 mil pelo serviço e que não participaria diretamente do assalto. Também chegou a revelar que só aceitou porque estava em dívida com facção criminosa.

Enquanto isso, o adolescente de 17 anos que também foi apreendido em Cassilândia, foi liberado no mesmo dia. Ele ficou em silêncio durante o interrogatório. O caso é tratado como posse irregular de arma de fogo, corrupção de menor e associação criminosa com participação de adolescente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Outubro de 2020
Sexta, 23 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)