Cassilândia, Domingo, 24 de Junho de 2018

Últimas Notícias

16/02/2018 08:40

Rota de MS é investigada por apreensão inédita de cocaína em porto de Santos

Correio do Estado

 

Rota de agricultores de Mato Grosso do Sul que exportam vegetais para Europa, África e Ásia é investigada pela polícia de São Paulo após cerca de 115 quilos de cocaína pura serem apreendidos em alto mar, próximo a um navio cargueiro no Porto de Santos, cidade do litoral sul paulista, na última quarta-feira (14).

Ao Portal Correio do Estado, a Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo confirmou a investigação e apontou que um dos carregamentos da droga seria transportado para a Espanha em meio a um contêiner com legumes, como batata e mandioca.

A apreensão de cocaína chamou a atenção de fiscais da Receita Federal e Polícia Federal. Isso porque os traficantes usaram um mergulhador profissional para abastecer os cargueiros, ancorados em uma área de mangue do terminal portuário. O suspeito fugiu antes da chegada das equipes. Navio e a carga foram apreendidos.

É a primeira vez que um profissional do tipo é visto em ações do tráfico internacional. O crime foi descoberto após a guarda marítima do porto estranhar a movimentação de um cargueiro, fora da rota de navegação habitual.

"É uma área de difícil acesso, sendo necessário desembarcar, nadar e mergulhar utilizando técnicas de policiamento náutico para encontrar as bolsas com a droga", informou a Polícia Civil de Santos, em nota.

Há pelo menos duas semanas os policiais investigavam o uso de rotas de exportação do agronegócio pelo tráfico internacional.

A suspeita virou evidência quando pelo menos duas carretas foram apreendidas com drogas na chegada a Santos. Uma delas teve como origem Mato Grosso do Sul, em cidade mantida em sigilo para não atrapalhar a apuração.

A polícia informou que é cedo para apontar se há empresários sul-mato-grossenses envolvidos na operação. Notas fiscais das mercadorias apreendidas seriam analisadas. Os marinheiros e donos dos navios também seriam intimados a prestar depoimento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 24 de Junho de 2018
07:14
Cassilândia
Sábado, 23 de Junho de 2018
09:00
Santo do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)