Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/03/2007 19:14

RJ comemora 10 anos sem aftosa com campanha de vacinação

Cristiane Ribeiro / Agência Brasil

Rio comemora 10 anos sem aftosa com campanha de vacinação

Os 10 anos sem registros de febre aftosa no rebanho bovino no estado do Rio de Janeiro foram comemorados hoje (10) com o início da primeira etapa de vacinação contra a doença deste ano. A campanha foi lançada pelo governador, Sérgio Cabral Filho, na Fazenda da Barra, em Barra de São João. A expectativa é vacinar nos próximos três meses cerca de dois milhões de bovinos.

O secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do estado, Christino Áureo, informou que o estado produz cerca de 110 mil toneladas de carne bovina por ano, o que corresponde a apenas 20% do consumo anual no Rio de Janeiro. Parte da produção de carne bovina do estado é exportada para os mercados norte-americano e europeu.

O secretário ressaltou que a maior parte da carne bovina brasileira exportada passa pelos portos do Rio e de Sepetiba, o que mostra a importância da manutenção da área livre da febre aftosa. “É importante que a gente possa manter nossa área livre de febre aftosa, porque isso é o elemento indispensável para que o estado possa não só exportar uma parte de sua produção quando necessário, mas principalmente porque os portos do Rio e de Sepetiba são unidades exportadoras para outros estados e países”, disse.

A legislação brasileira estabelece que os custos com a vacinação contra a febre aftosa são de responsabilidade dos produtores. Cada dose custa cerca de R$ 1. No entanto, o secretário de Agricultura informou que o governo do estado faz doações para os produtores familiares com renda baixa e também assume os gastos com a vacinação em animais criados à beira de estradas ou ao redor de lixões.

“Nesses casos usamos a chamada pistola oficial, que é uma vacinação obrigatória para proteger o rebanho e eliminar possíveis focos da doença”, explicou.

Além do Rio de Janeiro, os estados da Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Ceará deram início à primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa neste mês de março. A segunda etapa está prevista para setembro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)