Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/07/2008 07:51

Ricardo Saadi assume investigações da Operação Satiagrah

Bruno Bocchini /ABr

São Paulo - O chefe da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros da Polícia Federal de São Paulo, Ricardo Saadi, já assumiu o comando das investigações da Operação Satiagraha. Ele substitui o delegado Protógenes Queiroz, afastado das investigações para fazer curso obrigatório para progressão de carreira, segundo informações da Polícia Federal (PF).

De acordo com a assessoria de imprensa da PF de São Paulo, Saadi está montando uma nova equipe que vai participar de uma força-tarefa para analisar a grande quantidade de informações levantadas na operação.

A assessoria da PF de São Paulo, no entanto, afirma que não vai divulgar, por enquanto, outras informações sobre o desenvolvimento da força-tarefa. Segundo a PF, somente quando houver dados "concretos" é que eles serão divulgados. A assessoria informou que haverá uma reunião entre a PF e o Ministério Público Federal.

Ao entregar, na última sexta-feira (18), o relatório final do inquérito da operação aos seus superiores, o delegado Protógenes Queiroz se esquivou de falar do verdadeiro motivo de seu afastamento das investigações.



No documento, Protógenes fez agradecimentos aos juízes Fausto de Sanctis, da 6ª Vara Criminal Federal, e Marcio Rached Milani, da 7ª Vara Federal Criminal, aos procuradores públicos Rodrigo de Grandis e Ana Mara, a delegados federais que atuaram no caso, ao ex-diretor geral da Polícia Federal Paulo Lacerda e ao atual Luiz Fernando Corrêa, e aos superintendentes da PF no Rio de Janeiro e São Paulo.

Ao ler o documento, Protógenes disse que estava "cumprindo determinação" do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seus superiores. Afirmou ainda que estava apresentando "nossa singela contribuição na condução da Operação Satiagraha". O delegado também fez um agradecimento especial "aos policiais federais abnegados, que cumpriram seu dever profissional".




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)