Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/09/2008 19:29

RF apreende R$ 2 milhões em mercadorias contrabandeadas

Elaine Patricia Cruz /ABr

São Paulo - A Receita Federal e a Secretaria de Fazenda do estado de São Paulo apreenderam hoje (16) R$ 2 milhões em mercadorias contrabandeadas e pirateadas durante a Operação Anúbis. No último balanço divulgado pela assessoria de imprensa da Receita, na manhã de hoje, foram apreendidos quatro carretas com cigarros, seis automóveis e diversos produtos eletrônicos nas cidades de Bauru, São José do Rio Preto e Araçatuba. Até o momento, a Receita não soube informar quanto foi apreendido no porto de Santos e na capital e nem quantas pessoas haviam sido presas durante a operação.

De acordo com o coordenador da operação, Fábio Eduardo Boschi, cerca de dois mil agentes públicos participaram da apreensão, que envolveu uma força-tarefa formada pela Receita Federal, Ministério Público Federal, Secretaria de Fazenda e as polícias federal, militar e rodoviária.

“Existem rotas vindas do Paraguai, por rodovias, passando pelos estados do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e também pelos portos”, explicou Boschi. Segundo ele, o principal destino das mercadorias é mesmo a capital paulista. “[As mercadorias] têm como destino a capital, um grande centro consumidor”, afirmou. Segundo Boschi, as quadrilhas e organizações especializadas em contrabando e pirataria estão mudando sua forma de agir para entrar no país. “Há anos atrás, o que a gente verificava era o transporte por meio de ônibus, com o que a gente chamava de 'compristas'. Hoje, além do uso de ônibus, há a utilização de veículos com locais preparados para ocultação de mercadorias e veículos com batedores”, disse.

De acordo com ele, esses tipos de crime provocam um grande prejuízo à sociedade. “O prejuízo é enorme no sentido de lesão à sociedade, já que há mercadorias que não passaram pelos controles estatais no país e que não passaram por controles sanitários. A indústria nacional também perde muito com a entrada irregular de mercadorias no país e empregos deixam de ser gerados”, afirmou.

O nome da operação é de inspiração egípcia. “Anúbis é o nome de um deus egípcio que fazia uma espécie de julgamento entre as boas e más ações. A idéia foi associar a atuação do Estado na coibição dos crimes”, explicou Boschi.

De acordo com dados da assessoria da Receita Federal, em 2007 foram apreendidos R$ 1 bilhão em mercadorias no Brasil. Em São Paulo, no mesmo período, foram aprendidos R$ 235,7 milhões em mercadorias. Só no primeiro trimestre deste ano, R$ 65 milhões já foram aprendidos no estado.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)