Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

16/09/2008 19:29

RF apreende R$ 2 milhões em mercadorias contrabandeadas

Elaine Patricia Cruz /ABr

São Paulo - A Receita Federal e a Secretaria de Fazenda do estado de São Paulo apreenderam hoje (16) R$ 2 milhões em mercadorias contrabandeadas e pirateadas durante a Operação Anúbis. No último balanço divulgado pela assessoria de imprensa da Receita, na manhã de hoje, foram apreendidos quatro carretas com cigarros, seis automóveis e diversos produtos eletrônicos nas cidades de Bauru, São José do Rio Preto e Araçatuba. Até o momento, a Receita não soube informar quanto foi apreendido no porto de Santos e na capital e nem quantas pessoas haviam sido presas durante a operação.

De acordo com o coordenador da operação, Fábio Eduardo Boschi, cerca de dois mil agentes públicos participaram da apreensão, que envolveu uma força-tarefa formada pela Receita Federal, Ministério Público Federal, Secretaria de Fazenda e as polícias federal, militar e rodoviária.

“Existem rotas vindas do Paraguai, por rodovias, passando pelos estados do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e também pelos portos”, explicou Boschi. Segundo ele, o principal destino das mercadorias é mesmo a capital paulista. “[As mercadorias] têm como destino a capital, um grande centro consumidor”, afirmou. Segundo Boschi, as quadrilhas e organizações especializadas em contrabando e pirataria estão mudando sua forma de agir para entrar no país. “Há anos atrás, o que a gente verificava era o transporte por meio de ônibus, com o que a gente chamava de 'compristas'. Hoje, além do uso de ônibus, há a utilização de veículos com locais preparados para ocultação de mercadorias e veículos com batedores”, disse.

De acordo com ele, esses tipos de crime provocam um grande prejuízo à sociedade. “O prejuízo é enorme no sentido de lesão à sociedade, já que há mercadorias que não passaram pelos controles estatais no país e que não passaram por controles sanitários. A indústria nacional também perde muito com a entrada irregular de mercadorias no país e empregos deixam de ser gerados”, afirmou.

O nome da operação é de inspiração egípcia. “Anúbis é o nome de um deus egípcio que fazia uma espécie de julgamento entre as boas e más ações. A idéia foi associar a atuação do Estado na coibição dos crimes”, explicou Boschi.

De acordo com dados da assessoria da Receita Federal, em 2007 foram apreendidos R$ 1 bilhão em mercadorias no Brasil. Em São Paulo, no mesmo período, foram aprendidos R$ 235,7 milhões em mercadorias. Só no primeiro trimestre deste ano, R$ 65 milhões já foram aprendidos no estado.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)