Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/04/2005 15:36

Reunião propõe "trégua” entre pecuaristas e frigoríficos

Aline Rocha / Campo Grande News

O entrave entre pecuaristas e frigoríficos de todo Brasil será discutido em reunião amanhã na sede do CNPC (Conselho Nacional de Pecuária de Corte). O encontro que deve reunir representantes de Mato Grosso do Sul e do País pretende propor uma “trégua” ao impasse do valor do preço da arroba e de outros assuntos ligados a cadeia da carne.
De acordo com o secretário executivo do CNPC, Airton Biscuola, a proposta re união partiu do Conselho, que representa a cadeia produtiva e pretende adiantar alguma solução para os problemas entre os frigoríficos e pecuaristas. O embate no valor pago na arroba levou o Fórum Nacional de Pecuária de Corte da CNA (Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil) a acusar de cartel um grupo de frigoríficos na Secretaria de Defesa Econômica. O processo corre em segredo de justiça.
Segundo Biscuola, a reunião será aberta e o mediador das discussões será o presidente do CNPC, Sebastião Guedes. O objetivo da reunião é formar um grupo para discutir soluções para o conflito. O secretário executivo afirma que devem participar pecuaristas de Mato Grosso do Sul e entidades ligadas ao setor. Participam ainda da reunião o Sindifrios, que reúne frigoríficos brasileiros, Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne, entre outras entidades.
Após a reunião, deve ser elaborado um boletim que será enviado pelo CNPC a todos ligados ao setor. O encontro começa a partir das 14 horas no Hotel Jaraguá, em São Paulo. O prédio fica na rua Martins Fontes, 71, região central da capital paulista.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)