Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/09/2013 17:01

Reunião discute questões da infância e juventude

TJMS

Preocupado com questões de relevância para a área da infância e juventude de Paranaíba, o juiz Cássio Roberto dos Santos reuniu-se com o vice-prefeito Fredson Freitas, o presidente da Câmara de Vereadores Paulo Borges Bevilaqua da Silva, a secretária de Assistência Social do Município Leopoldina Correia Garcia Reis Gasperini, além das respectivas assessorias. Na pauta da reunião estavam a implementação do projeto Família Acolhedora em Paranaíba e a regulamentação do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA).

Ao solicitar o encontro, o juiz explicou que no início de 2013 iniciaram-se as tratativas com as Prefeitura e Câmara Municipal a fim de se dar andamento às duas propostas.

“Procuramos a Prefeitura e Câmara na tentativa de sensibilizá-los sobre os temas, pois sempre somos ouvidos e atendidos em nossos pleitos. Para demonstrar a relevância das questões, após a regulamentação do FIA, a Vara da Infância de Paranaíba já prepara uma campanha denominada "Leão Amigo da Criança". A ideia é mobilizar a população, principalmente as empresas, para que efetuem repasses e doações, com abatimento no imposto de renda. Os recursos serão aplicados no desenvolvimento de projetos ligados à Infância e Juventude. Nossa intenção é que seja dada atenção a questões sociais que demandam urgência, pois nossos jovens estão se perdendo em virtude da falta de valores, exemplos e limites”, explicou Cássio.

Entenda – O projeto Família Acolhedora já é realidade em diferentes municípios de MS e tem se mostrado instrumento de grande utilidade para amenizar traumas de menores acolhidos, seja para que retornem ao núcleo familiar ou sejam encaminhados para família substituta.

No início de 2013, o juiz Cássio encaminhou ao legislativo de Paranaíba leis dos municípios de Ribas do Rio Pardo e de Camapuã, a fim de fornecer parâmetros para eventual elaboração de norma e criação do Família Acolhedora em Paranaíba.

Sobre o Fundo da Infância e da Adolescência (FIA), previsto nas Leis Municipais nº 1.166/2002 e nº 1.360/2006, ele explicou que falta apenas a regulamentação para que seja implementado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)