Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/11/2004 13:24

Reunião discute erradicação de aftosa do hemisfério Sul

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Amanha a partir de 8 horas (horário loca) ocorre em Brasília (DF) a 1ª Reunião Extraordinária do Comitê Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa, da qual participa o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. A reunião será na sede da Opas (Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial da Saúde) e irá renovar os compromissos políticos, técnicos, financeiros e administrativos para erradicar a doença nas Américas até o ano de 2009. A estimativa da Opas é que sejam necessários US$ 40 milhões adicionais para aplicar no programa nos próximos cinco anos. A nova estratégia de combate a aftosa deve prever o reforço das campanhas de sanidade animal nas regiões de fronteira dos países da América do Sul. “Devemos dar um enfoque especial às áreas de fronteira”, explicou o diretor do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa), Eduardo Correa.
As regiões consideradas mais críticas para a doença são as fronteiras do Brasil com o Paraguai e a Bolívia, da Argentina com o Paraguai, da Bolívia com o Equador e da Colômbia com a Venezuela. “O novo plano também deve contemplar o fortalecimento de programas nacionais de combate à doença”, acrescentou Correa. Hoje apenas a América do Sul convive com a febre aftosa, mas o diretor ressaltou que já houve grandes progressos na região. Os recursos adicionais para a execução do plano poderão ser alocados tanto pelos governos quanto pelo setor privado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)