Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/11/2004 13:24

Reunião discute erradicação de aftosa do hemisfério Sul

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Amanha a partir de 8 horas (horário loca) ocorre em Brasília (DF) a 1ª Reunião Extraordinária do Comitê Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa, da qual participa o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. A reunião será na sede da Opas (Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial da Saúde) e irá renovar os compromissos políticos, técnicos, financeiros e administrativos para erradicar a doença nas Américas até o ano de 2009. A estimativa da Opas é que sejam necessários US$ 40 milhões adicionais para aplicar no programa nos próximos cinco anos. A nova estratégia de combate a aftosa deve prever o reforço das campanhas de sanidade animal nas regiões de fronteira dos países da América do Sul. “Devemos dar um enfoque especial às áreas de fronteira”, explicou o diretor do Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa), Eduardo Correa.
As regiões consideradas mais críticas para a doença são as fronteiras do Brasil com o Paraguai e a Bolívia, da Argentina com o Paraguai, da Bolívia com o Equador e da Colômbia com a Venezuela. “O novo plano também deve contemplar o fortalecimento de programas nacionais de combate à doença”, acrescentou Correa. Hoje apenas a América do Sul convive com a febre aftosa, mas o diretor ressaltou que já houve grandes progressos na região. Os recursos adicionais para a execução do plano poderão ser alocados tanto pelos governos quanto pelo setor privado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)