Cassilândia, Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021

Últimas Notícias

25/04/2013 22:39

Réu é condenado a 25 anos e 8 meses de reclusão

TJMS

 

Durante julgamento realizado nesta quarta-feira (24), pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, o réu E. L. de S. foi condenado a pena definitiva de 25 anos e 8 meses de reclusão em regime fechado.

Ele foi pronunciado no artigo 121, § 2º, incisos I e IV, no artigo 121, § 2º, incisos I e IV c.c. artigo 14, inciso II (tentativa de homicídio cometido por motivo torpe com recurso que dificulta a defesa da vítima), no artigo 148 § 2º (sequestro e cárcere privado com maus tratos) e no artigo 288 (quadrilha ou bando), todos do Código Penal.

Consta na denúncia que no dia 5 de junho de 2011, no bairro São Conrado, em Campo Grande, o réu, juntamente com H. M. de A., J. F. A. e outras pessoas identificadas como “Bin Laden” e “Bola de Fogo”, sequestraram Edén da Silva Larrea e V. de M. Os acusados mantiveram as vítimas em cárcere privado em uma residência localizada na rua da Gramática, s/n, no bairro Caiobá, submetendo-as a maus-tratos físicos e psicológicos.

Ainda segundo a denúncia, no dia 9 de junho de 2011 os acusados levaram as vítimas até um local ermo, localizado na BR 162, Zona Rural, na saída para o município de Sidrolândia. No local, o réu E. L. de S. matou a tiros Edén da Silva Larrea, enquanto o acusado H. M. de A. disparou contra V. de M., não lhe ocasionando a morte.

Os crimes teriam sido cometidos por motivo torpe, em razão de antigos desentendimentos entre as vítimas e os acusados, o que evidencia vingança. Eles também usaram de recurso que dificultou a defesa dos ofendidos, tendo em vista que eles foram levados a um local afastado, foram dominados para depois atirarem contra eles.

Reunido em sala secreta, o Conselho de Sentença, por maioria dos votos declarados, condenou o réu pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificada, formação de quadrilha e cárcere privado qualificado.

O juiz titular da vara, Aluízio Pereira dos Santos, fixou a pena do réu, em relação ao crime de homicídio cometido contra Edén da Silva Larrea, a 16 anos de reclusão. Já pela tentativa de homicídio da vítima V. de M., com relação à culpabilidade, que foi menor, o magistrado fixou a pena em 4 anos e 8 meses de reclusão.

Assim, no crime de formação de quadrilha, o réu ficou condenado à pena de 1 ano de reclusão e no crime de cárcere privado qualificado, em 4 anos de reclusão. Somando-se as penas, em definitivo, o réu foi condenado a 25 anos e 8 meses de reclusão em regime fechado.

Processo nº 0043113-11.2011.8.12.0001

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação Social

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 27 de Janeiro de 2021
Terça, 26 de Janeiro de 2021
01:00
Vacinação contra a Covid-19
Segunda, 25 de Janeiro de 2021
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)