Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/01/2010 15:54

Réu confesso, vereador temia pela vida para deixar crime

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

O vereador de Ponta Porã, Joanir Subtil Viana (PMDB), 42 anos, que foi preso numa operação da Polícia Federal com 93 quilos de cocaína em sua fazenda de Aral Moreira, confessou o crime de tráfico de drogas em depoimento à Justiça.

Após nove meses preso na Penitenciária Harry Amorin Costa, em Dourados, o parlamentar foi solto nesta semana por determinação do desembargador João Batista da Costa Marques, da 1ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

A suposta organização criminosa liderada pelo vereador tem 27 integrantes, conforme a apuração da Polícia Federal, que realizou duas operações para prender o grupo, em abril (com prisões em flagrante) e junho. Os prisões foram feitas com base na investigação, que contou com escuta telefônica pelo período de seis meses.

Confissão – O vereador do PMDB, eleito em 2008 com 1.111 votos e o 8º mais votado em Ponta Porã, confessou o crime de tráfico de drogas. No depoimento prestado à Justiça em Caarapó, ele afirmou que acabou se envolvendo por causa de Randolfo Balbueno Ifran, 46 anos.

O parlamentar disse que até tentou largar o crime, mas não conseguiu. A principal justificativa foi que se sentiu ameaçado de morte caso deixasse de integrar a quadrilha.

Além da confissão, o vereador foi detido com 93 quilos de cocaína, avaliados em R$ 3,5 milhões, em sua fazenda. A Justiça ainda conta como provas as interceptações telefônicas feitas por quatro meses, nos telefones de Viana.

Após sua prisão, os policiais ainda grampearam os demais membros da quadrilha por mais dois meses. O restante do grupo teve a prisão preventiva decretada pela Justiça em junho do ano passado.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)