Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/12/2013 07:50

Resumo da semana de Maria do Bairro

SBT

No capítulo 66, segunda-feira, 23 de dezembro - Soraya surpreende Nandinho beijando Alícia. Soraya, histérica, bate em Alícia. Nandinho tenta impedir e é agredido. Maria, aflita, pressente que Nandinho corre perigo. Soraya espanca Esperança, batendo sua cabeça vária vezes na parede. Esperança desmaia. Soraya fere Nandinho com uma tesoura. Aldo salva Nandinho de Soraya. Nandinho pede para Aldo que o ajude a tirar Alícia e Esperança da casa de Soraya. Soraya diz para Nandinho que se ele denunciá-la para policia, ela o mata. Nandinho desmaia. Soraya pede para todos da festa que não digam o que aconteceu para a policia. Dr. Rodrigo, por telefone, diz para Maria que Nandinho está ferido. Alícia diz para Soraya que a denunciará para a policia. Maria pergunta para Nandinho quem o feriu. Aldo tem medo que o escândalo da festa prejudique seu pai. Nandinho recupera a consciência e pede para Maria ajudar Alícia. Nandinho diz para Maria que foi Soraya quem o feriu. Nandinho conta para Maria o que aconteceu na casa de Soraya. Soraya tranca Alícia e diz para os empregados que Esperança caiu da escada. Aldo diz para Soraya que Esperança está morrendo e que ela é uma assassina. Luís Fernando denuncia Soraya para a policia. Soraya pede para Aldo sair da cidade para não comprometê-la. Maria vai até a casa de Soraya para tirar satisfações. Maria diz para Soraya que ela e Luís Fernando irão mandá-la para a cadeia. Fernando conta para Vitória o que aconteceu com Nandinho. Maria diz a Soraya que quer ver Alícia e Esperança. Soraya, aos gritos, ofende Maria.

No capítulo 67, terça-feira, 24 de dezembro - Maria lhe dá um tapa. Soraya, furiosa, jura Maria de morte. Aldo tenta contar para seu pai o que aconteceu na festa, mas não consegue. Nandinho conta para Vitória que Aldo o defendeu e que não é uma má pessoa. O médico que atendeu Esperança diz para Soraya que ela deverá ser levada a um hospital e que terá que denunciá-la. A policia chega na casa de Soraya. O delegado questiona Soraya e ela diz que Esperança caiu da escada, que Alícia é louca e que não vê Nandinho há muito tempo. Alícia grita suplicando que a soltem. O delegado ouve. Alícia pergunta para o delegado sobre Esperança e Nandinho. O delegado percebe que há alguma coisa errada no depoimento de Soraya. Nandinho pergunta para Luís Fernando o que houve com Alícia e Esperança. O delegado prende Soraya para poder apurar mais a investigação. Nandinho diz para Tita que Aldo é bom e que ele o salvou. Maria conta para Luís Fernando que esteve na casa de Soraya. Soraya instrui o médico a dizer que Esperança caiu da escada e lhe dá um cheque. Nandinho diz para Tita que a ajudará com Aldo. Na saída para a delegacia, Soraya encontra-se com Kalista. O delegado, ao telefone, diz para Luís Fernando que Soraya foi detida e que Esperança está muito mal. Luís Fernando diz para Maria que advogará o caso de Soraya para incrimina-la. Soraya diz para Abelardo que está detida injustamente e pede sua ajuda. Maria conta para Nandinho que Alícia está bem e que ficará em sua custódia. Soraya tenta convencer Abelardo de que é vitima de uma vingança. Abelardo conta para Aldo que Soraya está detida. Luís Fernando procura Abelardo para dizer a verdade sobre Soraya e pergunta se mesmo assim ele a defenderá. Alícia pede para Vitória que a deixem ver Esperança. Luís Fernando recebe a notícia de que Soraya foi libertada sob fiança. Alícia teme que Esperança morra e promete perdoar Soraya se ela sobreviver. Soraya diz para Abelardo que é inocente e ele diz para ela que tudo está a seu favor. A policia volta a procurar Soraya.

No capítulo 68, quarta-feira, 25 de dezembro - Esperança começa a reagir, mas está confusa. Soraya fica nervosa, pois a policia quer revistar sua casa. Ela teme ser detida novamente e planeja sair do país. Luís Fernando diz para Fernando que não há provas contundentes contra Soraya. Kalista vê Soraya saindo em um táxi. Luís Fernando conta para Maria e Nandinho que Soraya será detida novamente até ser julgada. Aldo, por telefone, avisa os De La Veja que Soraya está fugindo do país. No avião, Soraya diz que venceu e que ninguém poderá mandá-la para a cadeia. Tita conta para Vitória que Soraya está saindo do país. A polícia chega no aeroporto e pede para deter o avião. Fernando pede para Alícia denunciar Soraya. Vitória, por telefone, conta para Maria que Soraya foi detida. Esperança acorda, mas não reconhece Alícia. Abelardo diz para Soraya que ela será transferida para uma cela até chegar o julgamento e pede para que ela diga se é culpada. Aldo pede para Abelardo que abandone o caso de Soraya. Maria aconselha Alícia a esclarecer no dia do julgamento o que aconteceu na casa de Soraya. Alícia tenta fazer Esperança recuperar a memória. Aldo visita Nandinho no hospital e encontra Tita. Nandinho pergunta se ele testemunhará contra Soraya. Soraya sofre as conseqüências de estar em uma prisão. Soraya leva uma surra de uma detenta e vai para a enfermaria. Aldo diz para Tita que se regenerará e voltará a estudar por ela. Soraya pede para Abelardo que compre quem for preciso para ela ficar em uma cela especial. Nandinho visita Alícia no hospital e diz que ela voltará a andar e que eles irão se casar. Soraya pergunta para Abelardo se Esperança está viva e se Alícia está em um manicômio. Luís Fernando e Maria perguntam para Nandinho se ele tem certeza de que ama Alícia e que quer se casar com ela. Soraya recebe a notícia de que o julgamento começará no prazo de quinze dias. Abelardo conta para Soraya que Alícia e Esperança estão sob a custódia dos De La Vega. Luís Fernando diz para Maria que destruirá Soraya no julgamento.

No capítulo 69, quinta-feira, 26 de dezembro - Soraya diz para Abelardo que ele terá que tirar Alícia da posse dos De La Vega. Abelardo conta para Soraya que Esperança não está em condições mentais para depor e que Alícia se recusa a depor. Esperança consegue reconhecer Alícia. Soraya fica perturbada por Alícia e Esperança estarem sob a custódia dos De La Vega e teme que isso a prejudique no julgamento. Luís Fernando e Maria contam a história que Soraya inventou para livrar-se da prisão e insistentemente pedem para que Alícia deponha contra ela. Luís Fernando diz para Alícia que nesse julgamento está a possibilidade dela voltar a morar com Soraya. Abelardo pergunta para Aldo qual o seu envolvimento com Soraya. Alícia concorda em depor no julgamento de Soraya. Abelardo pede para Aldo não prejudicar Soraya no julgamento porque será o mesmo que prejudicar seu pai. Tita conta para Nandinho que não acredita na recuperação de Aldo. Aldo diz para Nandinho que não prejudicará seu pai perante a justiça. Chega o dia do julgamento e Maria pergunta para Esperança se ela consegue se lembrar da noite em que foi espancada. Soraya pergunta para Abelardo se todos os De La Vega vieram para seu julgamento. Começa o julgamento e Luís Fernando mostra Esperança como evidência da brutalidade de Soraya. Ele pede para que Esperança olhe para Soraya. O juiz pede para Soraya depor. Soraya arma um teatro perante o juiz e diz que Esperança tinha interesse em administrar a herança de Alícia, a quem ela ama muito. Vitória se manifesta chamando-a de mentirosa. É perguntado para Soraya se Nandinho foi convidado para sua festa. Soraya responde dizendo que Nandinho vivia atrás dela. Soraya diz perante todos que Luís Fernando denunciou-a por despeito. O juiz pede para que a parte julgadora faça as perguntas para Soraya. Luís Fernando coage Soraya na intenção de extrair a verdade dentro de suas mentiras. Luís Fernando conta para Soraya que Nandinho casará com Alícia. Soraya reage e Luís Fernando diz que ela reagiu por ciúmes. Luís Fernando pergunta para Soraya por que ela tentou fugir. E pergunta também por que ela quis se passar por morta. Soraya responde dizendo ele pediu que ela se passasse por morta para ficar livre e casar-se com Maria.

No capítulo 70, sexta-feira, 27 de dezembro - Soraya grita dizendo que é inocente. O pessoal da vila se reúne e vai para o julgamento tentar ajudar Nandinho e Maria. Soraya, em seu depoimento, diz que Nandinho a ameaçou de morte se ela não o amasse. Vitória insistentemente tenta fazer com que Esperança lembre-se de Soraya e daquela noite. Nandinho é chamado para depor e o promotor público pergunta se Soraya correspondia a sua paixão. Nandinho diz que Alícia revelou quem era Soraya, que ela a maltratava e que a chamava de louca. Aurélia e Cipriano ficam com pena de Kalista e a deixam dormir no porão enquanto Soraya fica detida. O pessoal da vila se manifesta no julgamento acusando Soraya. Nandinho conta o que aconteceu na noite da festa. Abelardo pergunta para Nandinho quem o ajudou naquela noite. Nandinho oculta Aldo e Abelardo se aproveita disso para contra atacar Nandinho. Maria, aflita, levanta-se e acusa Soraya perante o juiz de tentar viciar Nandinho em álcool e outras substâncias tóxicas além de tentar destruí-lo. O pessoal da vila também se manifesta a favor de Maria. O agente do ministério público pergunta para Alícia se Nandinho estava na casa de Soraya no dia do incidente. Alícia conta o que aconteceu naquela noite. Soraya reage dizendo que Alícia é louca, que seu depoimento é uma mentira e que os De La Vega a instruíram para dizer isso. Abelardo tenta provar para o juiz que Alícia é desequilibrada. Luís Fernando reage à acusação de Abelardo dizendo que ele não está habilitado para atestar se Alícia é desequilibrada. Luís Fernando chama o médico para depor e ele garante que Alícia não é louca e que sofreu transtorno mental por maus tratos. Tita pergunta para Aldo se ele irá depor a favor de Soraya. Luís Fernando pergunta para o médico que atendeu Esperança naquela noite se os ferimentos e o estado grave dela se deu por causa de uma queda na escada ou porque foi agredida brutalmente pela acusada. Luís Fernando diz para o juiz que o médico foi tão enganado pela acusada quanto pretende enganá-lo. Aurélia é chamada para depor e Luís Fernando pergunta se ela presenciou o ocorrido. O ministério público pergunta para um dos convidados da festa se Soraya tem uma moral duvidosa ou honrada. Luís Fernando diz para o juiz que não há uma concordância matemática porque todos são cúmplices de Soraya e também cometiam delitos naquela noite. Soraya reage à acusação de Luís Fernando. Luís Fernando diz para o júri que todos os envolvidos com Soraya testemunharam em falso no intuito de desorientar a justiça. O agente do ministério público pergunta para Aldo o que ele sabe da noite em questão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)