Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/07/2013 07:21

Resumo da semana de Carrossel

Bruna Girotto

No capítulo 301, segunda-feira, 15 de julho – na casa abandonada, Maria Joaquina, Laura, Valéria e Alícia encontram um diário velho, mas não acham a chave para abri-lo. As meninas se perguntam sobre quem será a dona do diário. As meninas vão à casa de Cirilo para pedir ajuda a José, pois acreditam que ele poderá ajudar abrir o misterioso diário. O pai de Cirilo consegue abrir o cadeado. Na casa de Maria Joaquina, as amigas se reúnem para ler o diário. A patricinha dá início à leitura e as garotas descobrem que o caderno pertence a uma garota, de oito anos, chamada Lola (Mharessa Fernanda). A menina morava com seus pais Olga (Renata Brás) e Laércio (André Fusko). O primeiro dia que Lola escreveu em seu diário, ela contou sobre a morte de seu irmão mais novo, ele havia morrido a uma semana de difteria. Laura achou a história triste e as meninas questionaram o que seria essa doença e, aproveitando que estavam na casa de Maria Joaquina, resolveram perguntar a Miguel o que seria difteria para entender melhor a história. O doutor explica que a doença é algo muito sério e que hoje em dia existem remédios para o tratamento, mas que no passado quando alguém tinha essa doença, era algo que causava muita preocupação e que muitos não conseguiam sobreviver. Após a explicação de Miguel, as amigas entendem que o diário é antigo, provavelmente dos anos de 1930. Alícia continua a ler a história e as amigas descobrem que Lola e sua família viveram numa época de guerra, onde Getúlio Vargas ainda era presidente do Brasil. No diário, a garota contava sobre como seus pais eram rígidos e demonstravam preocupação com a proximidade da guerra. Um dia, Laércio comunicou à família que havia sido convocado para servir ao exército durante a guerra. Lola ficou muito triste. Clara percebe a concentração das meninas e pergunta o que estão fazendo. Valéria diz que estão falando sobre a Segunda Guerra Mundial. A mãe de Maria Joaquina conta as meninas sobre essa época. Valéria fala para as meninas irem até a casa abandonada e buscarem mais pistas sobre Lola. Chegando ao local as meninas começam a procurar algo que remeta a garota, mas, enquanto isso, Alícia continua lendo o diário para ajudar nas pistas. Lola conta que no período que seu pai ficou na guerra os dias se tornaram difíceis e o quanto gostava de ir à sorveteria. No mesmo momento Valéria encontra um cartão de uma loja e as meninas percebem que é de uma antiga sorveteria e que provavelmente é a mesma que Lola visitava com seus pais. Paulo, Kokimoto e Jaime conversam sobre as meninas. Os garotos acham as meninas muito chatas. Marcelina escuta e não concorda com os amigos. Alícia conversa com o dono da sorveteria que costumam frequentar, mas o homem diz que não conhece a antiga sorveteria. As meninas se desanimam e pensam que não conseguirão mais pistas. Valéria continua lendo o diário.

No capítulo 302, terça-feira, 16 de julho – as meninas descobrem que Lola (Mharessa Fernanda) recebeu uma carta de seu pai com a notícia de que estava tudo bem e que eles estavam ganhando a guerra. Firmino encontra com as garotas e diz que está sentindo falta de todos os alunos. As meninas o convidam para conversar e tomar um chá. Na casa do porteiro, Laura deixa escapar sobre a história de Lola. As amigas contam a Firmino sobre o diário que acharam e mostram o objeto e o cartão da sorveteria ao porteiro. Firmino, ao olhar o cartão, diz que conhecia essa sorveteria e que foi lá quando era mais jovem. Valéria, Alícia e Maria Joaquina vão à casa de Jaime e pedem ajuda ao amigo. As garotas contam ao garoto que a mecânica de seu pai era uma sorveteria no passado. Rafael confirma a história e diz que o antigo dono do imóvel deixou um baú cheio de coisas guardadas. As amigas ficam felizes e pedem para ver o objeto, assim poderão procurar pistas no baú. Alícia encontra uma caixa que tem cravado na madeira o nome de Lola. Maria Joaquina abre o objeto e encontra um kipá e desconfiam que a garota fosse judia. Dentro da caixa as meninas também encontram uma foto e uma carta que diz: “Sr. Antônio da sorveteira, confio muito no senhor como amigo, por isso peço que esconda essa caixinha num lugar bem seguro. São coisas importantes de uma família que está hospedada na minha casa. Eles chegaram da Europa e estão muito assustados, lá estão acontecendo coisas terríveis. Eles não querem que ninguém saiba que estão aqui e muito menos que são judeus. Por favor, me ajude a guardar este segredo e as lembranças desta família. Assinado, Lola”. Valéria conta para as amigas que um dia Davi lhe contou que nesta época os judeus foram muito perseguidos. As garotas decidem voltar à casa abandonada para procurar mais pistas. Elas abrem a passagem secreta e descobrem debaixo de uma cama um desenho com o nome da família que ficou abrigada na casa de Lola. Maria Joaquina quer achar mais respostas e volta a ler o diário. Certo dia Lola escreveu que um soldado havia aparecido em sua casa com a notícia de que seu pai estava muito ferido e que logo seria enviado de volta. As garotas conversam e ficam chateadas por Lola. De repente, Paulo chega na casa abandonada e pergunta o que elas estão fazendo ali. As garotas dizem que estão em um encontro de meninas. O encrenqueiro avisa que ficará de olho e vai embora.

No capítulo 303, quarta-feira, 17 de julho – Paulo conforta Jaime e diz que está tudo bem dentro da casa abandonada e que as meninas só estavam conversando. Jaime acha que tem algo estranho acontecendo. Valéria tem a ideia de ir até a casa de Davi, pois como eles são judeus podem ter alguma relação com a família que Lola abrigou em sua casa. A garota acha que a dona Sara (Lilian Blanc) pode reconhecer alguém na foto que acharam. Ao chegarem à casa de Davi, as meninas conversam com a avó do garoto, mas ela não pode ajudar, pois não reconhece ninguém da foto e diz que nunca ouviu o nome daquelas pessoas. Ao ir embora, Davi questiona Sara sobre o que as meninas queriam com ela, mas sua avó diz que prometeu que não contaria nada a ninguém. Alicia volta a ler o diário e Lola continuava escrevendo o quanto sentia falta de Laércio (André Fusko). A garota contou que o oficial voltou à sua casa para dar a notícia que o estado de saúde de seu pai havia piorado e que ele só voltaria para a casa quando estivesse recuperado. Alícia queria continuar lendo a história, mas as páginas estavam todas borradas. As amigas ficaram tristes, pois não conseguiriam saber o final da história. No dia seguinte, Valéria fica tentando decifrar as páginas do diário e descobre que Lola estudou em um colégio chamado Nossa Senhora das Dores. A garota foi correndo contar a novidade para Laura, Alícia e Maria Joaquina. Paulo e Jaime vão à casa de Davi e forçam o garoto a contar o que as meninas foram fazer lá. Mas o namorado de Valéria diz que elas não revelaram o assunto. As meninas decidem descobrir onde fica o colégio que Lola estudou e Valéria lembra que Helena teve uma bisavó que foi professora e que pode ajudar. As amigas vão á casa de Helena e contam toda a história. Paulo e Jaime descobrem onde as meninas estão e tentam espioná-las. Helena fica surpresa com a descoberta de suas alunas, diz que aquele diário é algo muito valioso e mostra o caderno para Cristina (Cris Bonna). Valéria conta a Helena e Cristina sobre o nome do colégio onde Lola estudou. Cristina fica surpresa ao escutar o nome da escola e revela as meninas que Lola foi aluna de sua avó. A mãe da professora Helena mostra à foto da garota as meninas. Cristina lembra que Lola tinha uma história muito triste, mas que não sabe o que aconteceu com ela e sua família. Ao guardar o álbum de fotos, Cristina deixa cair um papel e ao pegar percebe que é uma carta de Lola para sua avó. Animadas, as meninas pedem para ela ler. “Querida professora, faz algum tempo que não nos falamos, mas tenho boas notícias. Estou morando com a minha mãe no interior, as coisas por aqui são bem mais tranquilas e todo mundo conhece todo mundo. Então, todos se preocupam com todos. A única coisa triste de ir embora foi deixar o meu diário para trás, mas eu tinha esperança de que algum dia alguém o encontrasse para conhecer tudo o que eu passei naquela casa. Antes de sair de casa, senti vontade de passar por todos os lugares que fizeram parte de toda a minha vida, senti um aperto muito grande ao lembrar dos meus amigos que moravam em nossa casa, como se fossem parte da família. Depois de um tempo, achei que seria bom ficar para trás tudo de triste que aconteceu em minha vida. E eu ia levar comigo um caderno novo, todo branquinho, pronto para receber novas histórias. Eu mal sabia que a primeira página do meu novo diário teria a história mais feliz de todas”. Lola termina a carta dizendo que seu pai havia voltado da guerra bem e feliz. As meninas ficam felizes pelo final que teve a história de Lola.


No capítulo 304, quinta-feira, 18 de julho – após conhecerem a história de Lola (Mharessa Fernanda), as garotas voltam para suas casas felizes por terem uma família e reconhecem o quanto seus pais são valiosos. No dia seguinte, todas as crianças se reúnem na casa abandonada. As meninas contam a história de Lola para os garotos. Helena convida o seus alunos para uma visita em sua casa e diz que prepara uma surpresa. As crianças chegam ansiosas na casa da professora. A caminho da casa de Helena, Firmino e Graça encontram Renê. O professor diz que precisa resolver alguns problemas e que aparecerá mais tarde na casa da namorada. Helena revela aos alunos que fez um anuário para a turma do terceiro ano. As crianças ficam felizes ao ver as fotos e adoram a surpresa. Firmino, Graça, os alunos e Helena relembram diversos momentos que passaram juntos. Todos elogiam o amor de Helena e Renê. A professora fica tímida. Renê chega à casa de Helena com um buquê de flores, as crianças se animam e pedem um beijo entre os professores. Chega o dia do casamento de Rabito e Maria Antonieta. As meninas decoram toda a praça para a cerimônia. A noiva chega ao local. Jorge e Mário acompanham os cachorros até o altar. Jaime realiza a celebração. Ao final da cerimônia, Cirilo convida Maria Joaquina para dançar e a patricinha aceita. Todos comemoram. Na manhã seguinte, Paulo acorda de uma maneira diferente. O garoto faz elogios ao sol e trata sua mãe muito bem. Lilian (Gabriela Freitas) estranha o comportamento do filho. Olívia, como sempre, chega irritada ao colégio, Firmino e Graça tentam acalmá-la, mas não conseguem. Kokimoto vai à casa de Paulo e estranha o comportamento do amigo e pergunta o que está acontecendo. O encrenqueiro lembra que na noite anterior, Marcelina ganhou uma varinha. Ao irritá-la, sua irmã lançou um feitiço de amor nele e depois disso ele acordou estranho. Koki acha a história intrigante. Paulo acha que o feitiço deu certo, pois está com uma sensação estranha no peito. Kokimoto revela que seu amigo pode estar sofrendo de “apaixonite aguda”. Olívia chama Firmino e Graça na diretoria para uma conversa. Os funcionários ficam com receio do que a diretora irá falar. Paulo não admite estar apaixonado, mas Kokimoto garante que o sintoma é de paixão. O encrenqueiro diz não saber por quem está apaixonado e o samurai tem a ideia de fazer um teste técnico.


No capítulo 305, sexta-feira, 19 de julho – Olívia conversa com Firmino e Graça. A diretora diz que os funcionários precisam começar a se preocupar com a arrumação da escola. O porteiro e a faxineira dizem que é muito cedo para pensarem nisso, mas a diretora não se importa. Olívia distribui uma lista de tarefas. Paulo e Kokimoto vão à casa de Valéria e encontram a garota com Bibi e Marcelina. Os garotos querem encontrar a menina que Paulo está gostando. O encrenqueiro senta em frente a Bibi e fica a observando, mas não sente nada e os amigos descartam a garota. Olívia continua irritada e briga com os funcionários por eles estarem limpando a sala do terceiro ano. Porém, Olívia esquece que foi ela mesma que mandou o porteiro e a faxineira limparem o local. Alícia chega à casa de Valéria e encontra Paulo na sala, o encrenqueiro fica encantando pela amiga, mas Koki não percebe e chama Paulo para ir à casa de Maria Joaquina para ver se ela é a garota. Ao chegarem à casa de patricinha, os meninos ficam entediados com a conversa da riquinha e Paulo garante que não está apaixonado por ela. Firmino escuta uma conversa de Olívia por telefone, atrás da porta. A faxineira e o porteiro percebem a irritação da diretora e ficam preocupados. Paulo e Koki vão à casa de Carmen e encontram a garota com Laura. Paulo não sente nada por nenhuma das duas e os meninos decidem ir embora. Firmino entra na diretoria para limpar e vê Olívia chorando. A diretora diz que não está bem e o porteiro diz que ela pode contar com ele e Graça sempre que precisar. Olívia atende ao telefone e sai correndo, Firmino fica preocupado. Todas as crianças se reúnem na casa abandonada, Jaime diz que eles precisam começar a pensar em um plano para receber a nova professora. As crianças distribuem as funções para começarem a colocar o plano em prática. As meninas ficam responsáveis por comprar elásticos e tachinhas e os meninos por comprar laxante. Jaime vai à farmácia comprar o remédio, quando vê Olívia chegando ao local. O garoto se esconde e a observa. A diretora vai embora e Jaime volta ao balcão. O farmacêutico pergunta o que ele estava fazendo escondido e o garoto diz que estava esperando Olívia ir embora. O homem compreende e diz que sabe que não é fácil lidar com o Alzheimer. Jaime se assusta e acredita que o farmacêutico estava falando da diretora Olívia. Kokimoto percebe que Paulo está apaixonado por Alícia e fala ao amigo. O encrenqueiro fica desesperado. Jaime vai à casa de Maria Joaquina e conta que foi á farmácia e descobriu que Olívia tem Alzheimer. Furioso, Paulo discute com Marcelina. Ele a culpa por estar apaixonado e pede para que a irmã desfaça o feitiço. A garota diz que a varinha era de brincadeira e que não jogou feitiço nenhum no irmão. Maria Joaquina acredita que Jaime esteja enganado e que Olívia não está doente. Paulo encontra a varinha e a rouba de Marcelina. Miguel explica para Jaime o que é Alzheimer e tenta tranquilizar o garoto. O pai de Maria Joaquina garante que Olívia não tem essa doença

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)