Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/11/2012 06:45

Resumo da semana da novela Carrossel

Segunda-feira (5)
A professora Matilde entra na sala de Olívia e se depara com a diretora completamente despenteada, nervosa e fazendo encomendas de artigos de segurança através do telefone. Matilde pergunta o que está acontecendo. Olívia diz que Helena irá sair da escola e que, por mais que quisesse isso, não havia parado para pensar que os alunos do terceiro ano são muito piores sem Helena. Matilde fica tensa só de imaginar como eles podem voltar a ser arteiros e também resolve fazer encomendas de artigos de proteção, como ratoeiras e arame farpado. Enquanto isso, Graça acompanha Daniel e Cirilo até a casa de Valéria. Rosa avisa Valéria que dois de seus amigos da escola vieram saber como ela está. A menina se recusa a receber os garotos e diz que nunca mais voltará para a escola. Rosa diz para Daniel e Cirilo que Valéria não está indo para a escola por conta de caprichos. Mais tarde, Rosa decide visitar Helena na escola para falar sobre o que está acontecendo com Valéria. Rosa diz para a professora que a filha está muito triste, que não quer mais ver Helena e que lhe confidenciou que acredita que a professora não sabe dar valor ao amor que recebe de seus alunos. Helena fica chateada e decide visitar Valéria. No quarto de Valéria, Helena consegue convencer a menina a conversar com ela. A professora explica que também está sofrendo e que não tomou essa decisão por vontade, mas sim por necessidade. Helena diz ainda que as duas podem continuar com a amizade e que só está saindo da escola para cuidar de sua mãe e avó. Valéria compreende e aceita voltar a ir para escola. Enquanto isso, Jaime diz para Davi que teve a ideia de fazer um cartaz com dizeres de carinho para Helena e assim, tentar sensibilizar a professora a não sair da escola. Os dois convocam os meninos para preparar o cartaz na casa abandonada. Valéria diz para sua mãe que entende Helena, mas que acredita em alguma solução para o problema. Na casa abandonada, os meninos chegam a conclusão que precisam da ajuda das meninas para fazer um cartaz mais bonito. Eles chamam elas para ajudar a desenhar e escrever as mensagens.

Terça-feira (6)
Chega o último dia de aula da professora Helena. Todos na escola estão muito tristes. Os pais dos alunos vão até a escola para se despedir de Helena e dizer o quanto são gratos por tudo que ela fez por seus filhos. Helena entra na sala de aula e se depara com um lindo cartaz e um desenho dela, onde aparece segurando na mão dos alunos. Ela fica emocionada, agradece muito aos alunos, mas diz que isso não fará ela mudar de ideia. Suzana vai até a sala da diretora Olívia e se oferece para ficar no lugar de Helena após as férias do meio do ano. Helena entrega o boletim semestral para os alunos. Ela chama um por um e aproveita para se despedir e agradecer ao carinho deles. Todos choram muito. No final da aula, Laura tenta ler uma carta de despedida, mas fica com a voz embargada de emoção e não consegue passar da primeira frase. As meninas se oferecem para ajudar Helena a arrumar suas coisas no período da tarde. A professora diz que irá manter contato com todos. Os alunos se levantam e abraçam Helena. Mais tarde, Cirilo visita Maria Joaquina para se oferecer para ajudar as meninas com a mudança de Helena. A patricinha volta a maltratar Cirilo, mas seu pai observa tudo e chama sua atenção. Mais tarde, as meninas chegam no colégio para ajudar Helena. Valéria conta que teve uma ideia que fará a professora desistir de ir embora. A menina diz que Morales é um homem muito rico e que conseguirá ajudar Helena a ficar na escola.

Quarta-feira (7)
Valéria entra escondida na sala da diretora Olívia para pegar o endereço do escritório de Morales. A diretora entra na sala e quase flagra a menina, mas Valéria consegue se esconder atrás de uma cômoda. Mais tarde, Valéria liga para Davi e pede para que ele a acompanhe até o escritório de Morales. Davi desconversa e deixa Valéria brava. Valéria resolve ir até a casa de Jaime para pedir sua companhia. Ela conta seu plano para o menino, que aceita acompanhá-la. Os dois conversam para planejar como farão para ir até o escritório. Eloisa fica curiosa para saber o que Valéria está conversando com Jaime.

Quinta-feira (8)
Valéria e Jaime chegam no escritório de Morales, mas não conseguem falar com o empresário. A secretária mais nova dele diz que é preciso agendar um horário por telefone. As crianças insistem e a secretária pede para que eles vão embora, caso contrário, chamará os segurança. Os dois saem. Minutos depois, a secretária mais antiga de Morales pergunta o que estava acontecendo. Assim que ela entende que se tratavam de alunos da Helena, imediatamente ela pede para a secretária novata ir correndo atrás de Valéria e Jaime. Ela diz que Morales tem uma queda por Helena e que uma vez a professora esteve lá, não pode entrar na sala do chefe e isso quase fez com que todas fossem mandadas embora. A novata consegue alcançar as crianças e diz que Morales irá atender eles. Na sala do empresário, Valéria e Jaime contam tudo o que está acontecendo com a professora Helena. Valéria pede para Morales dobrar a carga horária da professora para que ela não vá embora da escola. O empresário lamenta e diz que não pode fazer nada, afinal, a escola Mundial não possui turno da tarde. As crianças ficam tristes e vão embora. As férias já começaram, mesmo assim Suzana vai até o colégio para visitar Olívia. Na sala da diretora, Suzana tenta convencer que é a melhor opção para substituir Helena, lembra que conduziu os alunos do terceiro ano com mais disciplina do que a amada professora. Olívia acaba sendo convencida e diz que permitirá que ela assuma as aula da classe de Helena. Morales aparece de surpresa na casa de Helena e diz que possui um projeto e que ela é a pessoa indicada para participar dele. Helena fica curiosa.

Sexta-feira (9)
Morales diz que quer abrir uma escola para seus funcionários não alfabetizados, assim eles poderão ganhar a chance de aprender e de ter mais oportunidades na vida. Helena diz que acha essa uma atitude muito bonita. Ele diz que gostaria que Helena fosse a coordenadora desse projeto. A professora fica surpresa e muito feliz. Morales diz que ela poderá permanecer com as aulas na escola Mundial e que cuidará do projeto no período da tarde, na própria escola. Helena diz que está feliz, mas que existe um agravante: já está efetivamente fora da escola. Morales diz que paga para Helena a mesma quantia que ela iria receber na nova escola e que ainda lhe dará mais alguns benefícios, caso aceite. Helana agradece e concorda em pensar melhor sobre a proposta. Eufórica, a professora conta a notícia para sua mãe e diz que aconteceu um milagre. Enquanto isso, Eloisa e Rafael interrogam Jaime para saber onde o menino foi com Valéria. Pressionado, o menino acaba contando que foi até o escritório de Morales pedir ajuda para a professora Helena. Rafael acha a atitude bonita e parabeniza o menino com alguns trocados para ele gaste com o que quiser. No dia seguinte, Helena vai ao escritório de Morales, diz que aceita a proposta e fica agradecida pela confiança em seu trabalho. Ao sair do escritório do empresário, a secretária de Morales afirma que ela e seus alunos são privilegiados com o empresário, que no dia anterior dois de seus alunos foram até lá sem hora marcada e mesmo assim foram atendidos. Helena fica pensativa com a revelação e percebe que as crianças foram até lá para pedir que Morales lhe ajuda-se. Inconformada, a professora entra na sala, diz que não quer mais o emprego e exige explicações. Morales revela que Jaime e Valéria estiveram lá para dizer que não podem viver sem ela. O empresário tenta argumentar com Helena, pede para que ela deixe o orgulho de lado e diz que jamais contrataria alguém sem capacidade para integrar sua equipe. Mais calma, Helena senta e os dois conversam. Enquanto isso, Miguel diz para Clara que Alberto e Rosana vão ser seus novos vizinhos. Clara fica feliz e lembra que eles possuem um filho muito educado. Miguel concorda, diz que conhece bem o Jorge e que ele está com a mesma idade de Maria Joaquina. Para Clara, Jorge pode ser uma excelente companhia para sua filha. Miguel lembra que a patricinha já tem vários amigos, mas Clara diz que ele pode até não concordar, mas acredita que é melhor para Maria Joaquina ter amigos da mesma classe social. Miguel descorda. Mais tarde, Miguel, Clara e Maria Joaquina vão visitar os novos vizinhos, que estão terminado de organizar a mudança. Clara pergunta para Alberto onde está Jorge e confessa que a patricinha está ansiosa para conhecer o menino. Alberto diz que o filho está dando uma volta para conhecer o novo bairro. Na rua de casa, Jorge surge pilotando seu carro, um buggy amarelo. O garoto estaciona na porta e entra em casa. Alberto apresenta o filho para a família de Maria Joaquina. Jorge cumprimenta um a um, beija a mão da patricinha e diz que é um prazer conhecê-la. Clara elogia o menino mais uma vez e fala que ele é muito educado. Miguel convida os antigos amigos e agora, vizinhos, para irem jantar em sua casa. Jorge entra no embalo e convida Maria Joaquina para dar uma volta em seu carro mais tarde. A patricinha fica toda encantada. Após algumas horas, as meninas vão até a casa de Maria Joaquina. Na porta da casa da patricinha, o assunto é só um: o novo menino que fica andando pelo bairro dirigindo um carro. Maria Joaquina se gaba e diz que ele se chama Jorge, é filho dos amigos de sua família e que é seu novo vizinho. Valéria comenta que a patricinha tem muita sorte. Jorge passa na rua e quase atropela Daniel, que se distraiu com sua bicicleta. Os dois conversam e Daniel convida o novo menino do bairro para conhecer o clube. Ao chegar na casa abandonada, Jorge menospreza o local e diz que achou que se tratava de um clube de verdade, com pscinas e quadras. Daniel explica que se trata de um clube diferente, só para meninos e com o nome de \\\"Patrulha Salvadora\\\". Mário, Paulo e Davi estão na casa abandonada. Daniel apresenta Jorge. Logo de cara as diferenças de ponto de vista entre os meninos e o mauricinho ficam bem evidentes. Helena chega em casa e conta como foi a conversa com Morales. Cristina descorda da postura da filha e diz que ela deveria aceitar o trabalho. Para Cristina, Helena possui um trabalho que é reconhecido por todos, inclusive por seus alunos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)