Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/09/2012 15:39

Respeitar o idoso é questão de cidadania

TJBA

O Brasil, por muito tempo, foi considerado um país de jovens, com um histórico marcado pelo desrespeito ao idoso. Mas nos últimos vinte anos, isso tem mudado significativamente. Junto com o crescimento econômico do país, cresceu a expectativa de vida da população. De acordo com o último Censo do IBGE realizado em 2010, 7,4% da população brasileira é composta por pessoas com idade igual ou superior a 65 anos, ou seja, idosos.

Atento a esse crescimento, o Brasil tem realizado ações para garantir cada vez mais a qualidade de vida dessa parcela representativa da população, que tanto já contribuiu com o país. Exemplo disso foi a criação do Estatuto do Idoso, Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003 e a instituição do dia 1º de outubro como o dia oficial do idoso seguindo a orientação da Organização Mundial de Saúde. Até o ano de 2006 a data era comemorada no dia 27 de setembro.

O Estatuto do Idoso representa um grande passo no que diz respeito à cidadania e garantia dos direitos - saúde, lazer, cultura, esporte, habitação, transporte público - daqueles que, por muitas vezes, passaram despercebidos na sociedade. Incentivar a valorização do idoso, através da conscientização da população, promover o respeito aos direitos conquistados e a dignidade dessas pessoas, e estimular a criação de políticas públicas voltadas para esse grupo são os compromissos previstos na legislação.

O papel da Justiça é de suma importância na garantia desses direitos e no fomento de ações de conscientização, para que a população crie uma cultura de respeito aos idosos. O tema está na linha de atuação da Justiça baiana, que vem discutindo o combate a todo o tipo violência contra a pessoa idosa no Núcleo de Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA). O Tribunal está também lançando um Programa de Preparação de servidores para aposentadoria. São pequenos exemplos que podem fazer a diferença para uma terceira idade mais produtiva, saudável e respeitada.

Texto: Ascom

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)