Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/11/2004 13:51

Resolução disciplina investimentos para regimes próprios

AgPrev

Com a publicação no Diário Oficial da União, em 1º de novembro de 2004, da Resolução 3244 do Conselho Monetário Nacional, entram em vigor novas regras disciplinadoras dos investimentos dos Regimes Próprios de Previdência Social de Estados e Municípios. Uma das principais novidades é que as instituições financeiras podem criar fundos de investimento com títulos públicos federais para aplicações de recursos dos Regimes Próprios de Previdência dos Estados e Municípios. O secretário de Previdência Social, Helmut Schwarzer, ressalta a importante redução dos custos administrativos das aplicações daí decorrentes, já que as novas regras permitem que estes fundos de investimento sejam formados com recursos de vários regimes ao invés da gestão individualizada das carteiras por estado ou município, como determinavam as regras anteriores.

Pela Resolução 3244, que substituiu a antiga Resolução 2652 de 1999, os Regimes Próprios dos Estados e Municípios poderão ter aplicações no segmento de renda fixa, renda variável e a possibilidade de participação em cotas de fundos imobiliários. As aplicações em renda fixa poderão ser em títulos públicos federais ou em um fundo formado por um mix de papéis com títulos públicos e até 30% de CDBs, letras hipotecárias e letras de crédito imobiliário. Caso o fundo de investimento seja integralmente composto por títulos federais, o estado ou município poderá nele investir todo seu estoque de capital. Quando os fundos possuírem participação dos títulos privados mencionados, o limite de investimento é de 80% da totalidade dos recursos do Regime Próprio.

Para aplicações em cadernetas de poupança e renda variável foi estabelecido um limite de 20% do total dos recursos. As aplicações imobiliárias serão permitidas apenas para os regimes que já possuem imóveis ou ainda venham a recebê-los sob dação em pagamento. Nesses casos, será possível ao regime participar como sócio com esses ativos em cotas de investimentos de fundos imobiliários. Segundo o secretário de Previdência Social do Ministério da Previdência, Helmut Schwarzer, entre as mudanças feitas nas regras para investimentos dos Regimes Próprios de Previdência dos Estados e Municípios também está a possibilidade de destinar até 2% do total da carteira para manutenção e reforma de imóveis visando a valorização do patrimônio do regime. Helmut destaca que pelas normas anteriores não era possível fazer essa manutenção, o que colaborava resultava napara a deterioração dos imóveis.

Uma sinalização importante dada pela Resolução 3244 é de que o governo vai trabalhar para viabilizar no futuro que os servidores possam obter empréstimos com recursos das carteiras dos regimes próprios, tal qual já ocorre na previdência complementar. Contudo, ao eliminar-se a referência à proibição de tais empréstimos no novo texto ainda não está permitido que regimes próprios façam estas operações. Será necessário alterar futuramente ainda a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei 9.717/1998, que contém vedações a empréstimos de qualquer natureza pelos regimes próprios. Além disso, esclarece o secretário de Previdência Social, é preciso estabelecer normas que evitem riscos aos regimes em função de empréstimos a servidores. (ACS/MPS)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)