Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/09/2010 17:49

Resgate de mineiros soterrados no Chile pode demorar menos do que o previsto pelas autoridades

Renata Giraldi, Agência Brasil

Brasília – Soterrados desde 5 de agosto, os 33 trabalhadores da Mina de San José, no Chile, podem ser resgatados antes do previsto pelas autoridades chilenas. Os responsáveis pelas operações informaram hoje (16) que falta escavar pouco mais de 200 metros para chegar até o local onde os mineiros estão isolados. Os trabalhadores estão a 700 metros de profundidade. O trabalho conjunto de duas máquinas perfuradoras acelerou a escavação.

As máquinas Strata 950 e T-130, que têm potências diferentes, estão acionadas de forma ininterrupta. O terceiro equipamento, usado em petrolíferas, deve ser acionado ainda hoje. Os técnicos concluíram ontem (15) a construção de uma plataforma própria que sustente o uso desta última máquina.

As informações são da rede estatal de televisão do Chile, a TVN. Na semana passada, uma das máquinas parou por problemas técnicos, gerando angústia, temor e revolta entre trabalhadores soterrados e as famílias.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, designou o ministro da Saúde para acalmar os parentes e os mineiros. Porém, ele manteve a previsão inicial de resgaste em mais três a quatro meses. As autoridades pensaram até em usar dinamites para acelerar as operações. A proposta era entrar por uma chaminé, usando o explosivo. Mas a alternativa foi descartada por causa do risco de novos desabamentos.

Em um mês e 11 dias que estão soterrados, os mineiros transformaram o local onde estão em uma verdadeira comunidade com tarefas bem divididas – limpeza, alimentação, saúde, comunicação e segurança. Foram gravados dois vídeos que as autoridades chilenas divulgaram, nos quais os trabalhadores mostram o cotidiano deles e mandam mensagens para as famílias.

Com ajuda da Agência Espacial dos Estados Unidos (a Nasa), as autoridades chilenas mantêm os mineiros sob rigoroso monitoramento. A preocupação maior é com a saúde física e mental deles. Alguns trabalhadores apresentaram depressão.

Edição: Juliana Andrade


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)