Cassilândia, Domingo, 19 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

16/03/2016 06:50

República cairá com delação de empreiteiras, prevê Delcídio

Midiamax

 

O senador Delcídio do Amaral falou em delação premiada sobre a existência de um esquema de financiamento de campanhas eleitorais em troca de repasses do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Ele explicou ainda que Luciano Coutinho, presidente do principal instrumento do governo para investimentos na economia do país, sinalizava “de uma forma sutil” a aprovação de financiamento do banco de fomento obrigando grandes empresas a fazerem doações para campanhas eleitorais.

“Nas reuniões com Luciano Coutinho, este, de maneira muito sutil, muito elegante, afirma que estão tramitando os pedidos das empresas e aparece com outra conversa: nos ajudem, nos apoiem”, afirmou Delcídio em delação homologada nesta terça-feira (15).

Além disso, ele disse que Odebrecht, OAS e Andrade Guiterrez são pragmáticas, e, em função de seus interesses, “financiam pessoas que vão proporcionar as ações que vão de encontro aos seus planos de negócio”.

O senador, no entanto, afirma que não presenciou as conversas com Luciano Coutinho e não sabe “se houve alguma concretude”. Ele indicou ainda que "a república cai" se empreiteiras fizerem delação.

Outro lado

Em nota enviada à imprensa, o BNDES esclarece que qualquer processo de concessão de crédito por parte do banco é baseado exclusivamente nas boas práticas bancárias, com critérios impessoais e técnicos.

"Todas as ações, tanto do bBanco quanto de seu presidente, sempre foram pautadas pela lisura e pelo estrito cumprimento pleno das disposições legais e regras da própria instituição", explicou o banco de fomento, acrescentando que rechaça insinuações de que tenha concedido vantagem ou sofrido influência indevida de quem quer que seja para conceder apoio financeiro a qualquer empresa.

"Os financiamentos do BNDES passam por dezenas de técnicos e órgãos colegiados, e não existem operações secretas no banco: todos os financiamentos, nacionais e internacionais, estão disponíveis para consulta pela internet por qualquer cidadão. Em consequência deste rigor, o BNDES tem a menor taxa de inadimplência do Sistema Financeiro Nacional, público ou privado".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Sexta, 17 de Fevereiro de 2017
20:33
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)