Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/04/2006 15:22

Renan fala sobre comparecimento de ministro ao Senado

Senado Federal

Após receber a ministra do Supremo Tribunal Federal Ellen Gracie Northfleet, em audiência marcada para as 15hs(MS), opresidente do Senado, Renan Calheiros, falará com a imprensa, entre outros assuntos, sobre o comparecimento do ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, para esclarecer a participação de assessores seus no episódio da quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa. O ministro ligou para Renan no domingo e adiantou sua intenção de antecipar sua vinda para esta semana. O presidente do Senado disse, no entanto, que conversará com os líderes antes de se posicionar sobre o assunto.

Durante a última semana, vários senadores defenderam a convocação do ministro da Justiça. O senador Arthur Virgílio (AM) chegou a apresentar requerimento à Mesa do Senado para convocar Márcio Thomaz Bastos. Para o líder do PSDB, na justificação de seu requerimento, os fatos relatados revelam "no mínimo, a omissão do ministro no episódio". Mas, durante a sessão plenária de quinta-feira , o senador Tião Viana (PT-AC) leu ofício do próprio Thomaz Bastos colocando-se à disposição dos senadores para comparecimento espontâneo.

Sigilo
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos ouviu o depoimento do caseiro Francenildo, que afirmou ter visto Palocci por diversas vezes em uma casa do Lago Sul, que ficou conhecida como República de Ribeirão Preto por ter sido freqüentada por ex-assessores do ministro quando ele era prefeito da cidade paulista. Há denúncias de que o local era usado para promoção de negócios ilegais.

Dias após ter comparecido à CPI, Francenildo teve seu extrato bancário divulgado pela imprensa. O então presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso, assumiu a autoria da quebra de sigilo e disse que tomou a providência para atender Palocci e, em seguida, pediu demissão.

Conforme notícia publicada na imprensa, dois assessores de Thomaz Bastos teriam ido à casa de Palocci conversar sobre a movimentação bancária do caseiro. Após as denúncias, o ministro da Justiça informou que seus assessores receberam pedido de Palocci para que a Polícia Federal investigasse depósitos suspeitos na conta bancária do caseiro. No entanto, Thomaz Bastos garantiu que o pedido foi negado por eles.

da Redação / Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)