Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/02/2006 09:09

Remédios ficarão até 4% mais caros em abril

Fernanda Mathias/Campo Grande News

O preço de medicamentos deve ficar entre 3,5% a 4% mais caros a partir de 1º de abril, segundo deve anunciar a Cmed (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos) até a primeira quinzena de março. A informação é do presidente do Sinprofar (Sindicato dos Proprietários de Farmácia de Mato Grosso do Sul), Paulo Lopes. “Acreditamos que o aumento não chegue aos 5%”, diz. No ano passado a alta no preço de medicamentos foi de 7,5% a 8%, dependendo do produto.

As indústrias, afirma, pleitearam aumentos em patamares superiores, mas o principal argumento, relacionado ao dólar, desta vez não terá sustentação, uma vez que o câmbio desde o ano passado vem seguindo uma trajetória de queda. Agora o argumento é a inflação do período. “Mas o governo, principalmente por ser um ano eleitoral, deve conceder reajuste abaixo do pleiteado”, acredita.

Lopes afirma que o aumento é ruim para o varejo, uma vez que inibe as compras do consumidor, já com a renda bastante achatada. Quanto aos genéricos, afirma que ainda não correspondem a 10% das vendas e reitera que é preciso maior envolvimento da classe médica, na prescrição do medicamento pelo princípio ativo e não pelo nome de marca. Os médicos da rede pública já são obrigados a prescrever as receitas desta forma, mas neste caso a maior parte dos remédios é fornecida pelo próprio governo, não reflete em demanda em farmácias particulares. Mato Grosso do Sul tem 750 estabelecimentos do ramo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)