Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

02/07/2004 11:07

Remédio poderá ter alerta sobre risco de automedicação

Agência Câmara

Os laboratórios farmacêuticos poderão ser obrigados a incluir, nas embalagens e rótulos de seus produtos, um alerta sobre a necessidade de orientação médica para o uso de medicamentos. A medida está prevista no Projeto de Lei 346/99, do deputado Roberto Pessoa (PL-CE). O PL foi aprovado pela Comissão de Defesa do Consumidor, no último dia 16, com algumas alterações oferecidas pelo relator, deputado Luiz Bittencourt (PMDB-GO).
Pelo texto aprovado, todas as embalagens e rótulos terão que conter a seguinte mensagem: "O Ministério da Saúde Adverte: Não use medicamentos sem orientação médica. Se os sintomas persistirem, avise o médico". O relator manteve a primeira frase do projeto original, e acrescentou essa recomendação para a necessidade de se consultar um médico, caso os sintomas persistam.

Riscos da automedicação
O autor do projeto argumentou, em defesa da medida, que o uso indiscriminado de medicamentos tem acarretado sérios problemas de saúde aos usuários, especialmente no Brasil, onde é comum a prática da automedicação.
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) adverte para os riscos dessa prática, principalmente porque muitas doenças apresentam sintomas comuns. É o caso do dengue, cujos sintomas iniciais (febre e dor no corpo) podem ser confundidos com os da gripe. A Anvisa lembra que o uso de analgésicos e antiinflamatórios na fase inicial do dengue pode "mascarar" a doença e dificultar seu diagnóstico clínico.

Letra grande
No seu parecer, o relator incluiu também sugestão apresentada pelo deputado Givaldo Carimbão (PSB-AL) que determina que as bulas dos medicamentos sejam confeccionadas com caracteres de tamanho igual ou maior a corpo oito.
A Anvisa publicou, no ano passado, uma resolução que determina que o tamanho mínimo das letras em bula seja de 1,5 milímetro, 50% a mais do que a medida atual. As novas bulas devem chegar ao mercado só no ano que vem.


Reportagem - Mauren Rojahn
Edição - Natalia Doederlein

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)