Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/01/2015 09:20

Remador inicia travessia do Atlântico para financiar pesquisas

Agência Brasil

O remador e advogado Caetano Penna Franco Altafin Rodrigues da Cunha, conhecido como Caê, inicia hoje (17) a travessia do Oceano Atlântico, entre as Ilhas Canárias, na Espanha, e Barbados, no Caribe, com o objetivo de ajudar no financiamento da pesquisa do osteossarcoma, desenvolvida pelo Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), do Ministério da Saúde. Caê será acompanhado por sete remadores estrangeiros que percorrerão, no total, 5,5 mil quilômetros.

O melhor amigo de Caê, Rafael Cordeiro, morreu com osteossarcoma, tumor maligno dos ossos, em 2006. Para retribuir o tratamento recebido pelo amigo no Into, o advogado decidiu auxiliar nas pesquisas sobre esse tipo de câncer que atinge pessoas de todas as idades, mas tem maior incidência em crianças e jovens em fase de crescimento. Esse tumor é bastante agressivo, atinge ossos das pernas, dos braços e da coluna e apresenta índice de mortalidade elevado. Cerca de 50% a 60% dos doentes com osteossarcoma morrem em cinco anos, de acordo com o Into.

Com o objetivo de colaborar com as pesquisas, Caê lançou no ano passado, na internet, a campanha “Remacaê – Ajude o Caê a Cruzar o Atlântico”, visando a reunir patrocinadores para financiar a viagem e as pesquisas do Into. A ideia inicial, como disse o remador à Agência Brasil por ocasião do lançamento da campanha, era que para cada R$ 1 coletado, R$ 0,50 seriam destinados ao instituto.

Ontem (16), ele comunicou à imprensa a decisão de que todos os valores arrecadados pelo crowdfunding (financiamento coletivo) serão direcionados para o Into. Até agora, foram arrecadados cerca de R$ 30 mil, informou a assessoria de imprensa do instituto.

O remador disse que a competição para quebrar o recorde de 32 dias e cinco horas da travessia continua grande na Europa. Ele espera ter competência e êxito para superar esse tempo.

As pesquisas com células-tronco tumorais em pacientes com diagnóstico de osteossarcoma foram iniciadas em agosto de 2012. Segundo a instituição, o tratamento envolve grandes procedimentos cirúrgicos, como a amputação em 27% dos casos, ou a substituição do membro por prótese ou enxerto ósseo. O Into acredita que o estudo vai fornecer informações importantes para que os médicos tenham condições de, no futuro, programar um tratamento oncológico individualizado para os pacientes.

A equipe ficará entre 30 e 33 dias no mar. Cada atleta remará com intervalo de duas horas. Como o objetivo é bater o recorde de tempo de travessia do Oceano Atlântico e entrar para o Guiness Book, a viagem será desassistida, isto é, não haverá barcos de acompanhamento, disse Caê em julho passado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)