Cassilândia, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

08/06/2011 21:02

Relator vota contra fusão de Sadia e Perdigão e julgamento no Cade é interrompido

Wellton Máximo, Agência Brasil

Brasília – O relator no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) do processo que julga a fusão da Sadia e Perdigão, Carlos Ragazzo, votou contra a união das duas empresas. Anunciado em maio de 2009, o negócio cria a BRF Foods, a maior exportadora de aves do mundo.

Depois da leitura do voto, o julgamento foi interrompido por um pedido de vista do conselheiro Ricardo Ruiz. Ele pediu tempo para analisar o voto do relator, de mais de 500 páginas, e prometeu concluir o voto na próxima sessão do Cade, no dia 15. Os demais conselheiros, Alessandro Octaviani, Olavo Chinaglia e Marcos Veríssimo, também aguardarão o prazo para se pronunciarem.

Num voto que demorou cerca de seis horas para ser lido, o relator afirmou que a fusão será prejudicial ao consumidor porque causará uma concentração de mercado muito grande. Segundo ele, as duas empresas respondem por mais de 60% em quase todos os mercados analisados. Em alguns casos, a concentração seria superior a 90%.

Ragazzo chegou a afirmar que o preço de carnes como salsicha e presunto poderão subir até 40% com a união. Segundo ele, isso ocorreria por causa do fim da rivalidade entre as duas empresas, que são as principais concorrentes uma da outra. Ele recomendou que o negócio seja completamente desfeito em até dez dias depois de o resultado do julgamento ser publicado no Diário Oficial da União. Até a compra conjunta de serviços e insumos, atualmente permitida por acordo entre as empresas e o Cade, seria proibida.



Edição: Aécio Amado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 21 de Novembro de 2017
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)