Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

21/11/2006 19:52

Relator descarta diminuir reajuste do mínimo para R$ 367

Agência Câmara

O relator da proposta orçamentária para 2007, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), afirmou hoje que não vai aceitar a proposta do governo de diminuir o reajuste do salário mínimo de R$ 375 para R$ 367. Atualmente, o valor está em R$ 350. "O aumento já foi anunciado aos quatro cantos do País. A nossa vontade era chegar até a um pouco mais", lembrou. "Ficaria muito ruim para o Congresso reduzi-lo. Não vou bancar isso", recusou.

O governo enviou ofício à (Comissão Mista de Orçamento solicitando a redução do reajuste previsto por causa da revisão para baixo do crescimento econômico estimado deste ano. Apesar de menor, o novo valor proposto está dentro do que prevê a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2007, que ainda não foi aprovada pelo Congresso. De acordo com a proposta, o reajuste do mínimo deve pelo menos alcançar a variação do crescimento mais a inflação.

R$ 400
A oposição vem afirmando que a mudança do governo pode ter apenas a função de criar uma dificuldade a mais para um valor superior aos R$ 375. A Comissão Especial Mista do Salário Mínimo já havia aprovado uma recomendação de aumento para R$ 400.

O deputado Cláudio Cajado (PFL-BA), integrante da Comissão Mista de Orçamento, disse que a oposição vai brigar por um valor maior. "Isso é um absurdo. O trabalhador, a classe menos favorecida, sempre acaba pagando o pato. Não vamos admitir isso."

Também integrante da comissão, o deputado Eduardo Valverde (PT-RO), acredita que o valor do salário mínimo ainda pode ser maior, mas aponta para a necessidade de os parlamentares indicarem fontes de recursos para cobrir os gastos com benefícios previdenciários. "Não podemos fazer um Orçamento de ficção como no passado. Você endividava o Estado e depois deixava para as gerações futuras pagar a conta. Hoje, qualquer governo responsável tem de atentar para o equilíbrio fiscal."

O senador Valdir Raupp espera discutir melhor a questão das receitas com o governo nos próximos dias, quando deve ser anunciado um pacote fiscal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)