Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/05/2004 09:05

Relator acredita em salário mínimo maior

Agência Câmara

Deputados de Oposição e da própria base aliada do Governo prometem pressionar para aumentar o reajuste proposto para o salário mínimo. O relator da medida provisória, deputado Rodrigo Maia (PFL-RJ), confirmou que vai apresentar seu parecer na Comissão Especial Mista nesta quarta-feira. Maia diz que existem fontes de receita para chegar a um valor de R$ 275.
A cifra é baseada em estudo das bancadas do PFL e do PSDB, com apoio da assessoria da Comissão Mista de Orçamento. O relator informou também que estuda incluir no parecer o pagamento de um abono para compensar o atraso no reajuste do mínimo, de maio para abril.

Apoio
Rodrigo Maia diz ter o apoio de deputados de todos os partidos. "Nós vamos fazer um trabalho de convencimento, não sozinhos, mas com parlamentares da base, inclusive do PT, que também apresentaram propostas para um reajuste maior; R$ 260 é um salário miserável, R$ 15 a mais seriam muito importantes para os trabalhadores", disse o relator.
Entre os deputados da base de sustentação do Governo que querem um salário maior está o chamado "grupo de descontentes" do PT, que apoia a emenda do senador Paulo Paim (PT-RS) por um salário mínimo equivalente a 100 dólares.

Propostas dos partidos
Já o PMDB decidiu em reunião de bancada apoiar um valor de R$ 300, mas o vice-líder peemedebista Mendes Ribeiro (RS) admite a possibilidade de apoiar o relatório de Rodrigo Maia para que o valor fique em pelo menos R$ 275. "Se o valor de R$ 275 for o que concentrar a possibilidade de aprovação, é possível o partido caminhar para ele", disse Mendes Ribeiro.
Já a bancada do PCdoB propõe um aumento para R$ 280, proposta que também conta com o apoio do líder do PL, Sandro Mabel (GO). E o líder do PSB, Renato Casagrande (ES), disse que o partido está analisando a posição do Governo e só tomará uma posição definitiva após uma reunião marcada para amanhã.



Reportagem - Poliani Castello Branco
Edição - Luiz Claudio Pinheiro

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)