Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

10/10/2003 07:53

Rejeitado projeto sobre divulgação de dados oficiais

Agência Câmara

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal rejeitou o Projeto de Lei 7005/02, do deputado João Caldas (PL-AL), que obriga todos os órgãos da administração pública direta e indireta, federal, estadual e municipal; dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário; e do Ministério Público, a darem divulgação pública ao conteúdo de banco de dados, estatísticas, levantamentos, pesquisas e quaisquer outras informações que possuam, quando houver interesse geral ou a requerimento dos interessados.
O relator, deputado Carlos Santana (PT-RJ), ofereceu parecer pela rejeição da matéria. Ele argumenta que as obrigações relativas à divulgação pública já estão definidas pela Constituição. "A legislação deve ser aperfeiçoada sempre que a realidade o exigir; mas o projeto, ainda que orientado por elevadas intenções, não apresenta contribuições ao ordenamento jurídico vigente. A proposta contém uma obrigação bastante vaga, que abrange uma infinidade de informações, sem indicar os meios para sua operacionalização, e avança sobre matéria de competência legislativa própria de estados, Distrito Federal e municípios", diz Santana.

O projeto foi encaminhado ao exame da Comissão de Constituição e Justiça e de Redação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Quinta, 24 de Setembro de 2020
14:18
Luto
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)