Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2009 08:31

Regras duras para os visitantes da Chapada dos Guimarães

24horasnews

A chefia do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, vai multar os turistas que desrespeitarem as normas e os limites de segurança nos pontos de visitação da unidade, principalmente no circuito das cachoeiras. A medida é para garantir a segurança das pessoas.

As novas normas de visitação e segurança estão estabelecidas no plano de manejo, documento que regula o uso da unidade de conservação. Os visitantes que insistirem, por exemplo, em ultrapassar a grade de proteção instalada na borda do mirante da cachoeira Véu de Noiva, uma das maiores atrações do parque, podem ser penalizados com multas que variam de R$ 50 a R$ 10 mil.

A multa será aplicada pelo CPF ou outro documento de identificação dos turistas, explica o biólogo e analista ambiental do parque, Paulo Faria. “Por enquanto estamos apenas orientando e alertando os turistas, mas nos próximos meses vamos começar a aplicar as normas. A infração mais comum, no caso da Véu de Noiva, é a ultrapassagem da grade para fazer fotos mais próximo do vale e da cachoeira”, disse Faria.

Faria lembra que por causa de um desmoronamento ocorrido no dia 21 de abril de 2008, que provocou a morte da adolescente Saira Tamires Reis, de 17 anos, e o ferimento de outras quatro pessoas, o Parque da Chapada dos Guimarães ficou fechado aos turistas por um ano e três meses. A adolescente fazia parte de um grupo de mais de 30 turistas que tomavam banho no pé da cachoeira, quando parte de um paredão de arenito desabou.

Além de proibir em definitivo a descida dos paredões e o banho na cachoeira Véu de Noiva, de 86 metros de queda d'água, a direção do parque bloqueou o tráfego de veículos entre a rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251) e o mirante da cachoeira.

O trajeto de pouco mais de 500 metros entre o estacionamento aberto a poucos metros da rodovia agora é feito exclusivamente a pé, sob a vigilância de monitores de visitação, por uma trilha que em grande parte de sua extensão está protegida por telas plásticas e cercas de bambu. Também está limitado em 100 o número de turistas que podem contemplar as belezas do local simultaneamente.

O mesmo rigor se aplica, segundo Paulo Faria, nas visitas a outras atrações do parque, como o Circuito das Sete Cachoeiras e Casa de Pedras. “A presença de turista está condicionada ao agendamento e controle por guias cadastrados no Instituto”, disse Faria.

Segundo ele, no caso das cachoeiras, a nomenclatura deveria ser alterada para "circuito das seis" com a exclusão da cachoeira dos Malucos, interditada definitivamente. “Não é liberada a visita porque o acesso é delicado e o risco é grande de acidente por queda de rochas”, afirmou Faria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)