Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

28/08/2004 14:40

Registrados 85 mil novos casos de tuberculose por ano

Lourival Macedo/ABr

Brasília – No Brasil, surge a cada ano, 85 mil novos casos de tuberculose. A maioria, concentrados na periferia das grandes cidades, onde as condições sociais são adversas, com ajuntamentos humanos, pequenos espaços sendo compartilhados com duas ou três famílias e onde as pessoas simples têm dificuldades de acesso ao sistema de saúde.

Para reverter esse quadro, o Ministério da Saúde vai lançar uma campanha de esclarecimento sobre a tuberculose, uma doença grave de transmissão respiratória. A campanha alertará que toda a pessoa que apresenta tosse com catarro há mais de três semanas ininterruptas pode ter tuberculose e deve procurar, imediatamente, o posto de saúde mais próximo. Outra informação que o ministério quer fixar é a de que o tratamento, que dura seis meses, não pode ser abandonado, em hipótese alguma. Serão produzidas peças para televisão e rádio, além de cartazes e folhetos.

A avaliação do Ministério da Saúde é de que a doença foi muito mal cuidada nos últimos dez anos e o tratamento não avançou como os demais programas do setor. O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, diz que o Brasil já tem condições melhores para combater a Tuberculose. “O Brasil fornece os exames e o medicamento gratuitamente, coisa que a maioria dos países das Américas não dá a seus habitantes”. Jarbas Barbosa informa, também, que o país conta com 65 mil postos de saúde que integram a rede básica do Sistema Únicos de Saúde (SUS), 20 mil equipes de Saúde da Família e mais de 130 mil Agentes Comunitários de Saúde. “Ao colocar esses recursos para combater a tuberculose, a doença vai ceder rapidamente no Brasil e vamos ter o mesmo desempenho que temos em outros programas, como DST/Aids, o programa da Dengue e vários outros programas de saúde pública do país, com desempenho internacionalmente reconhecidos como muito bons”, afirma o secretário de Vigilância Sanitária.

Jarbas Barbosa acredita que aumentará a procura da população pelos postos de saúde, elevando o diagnóstico e tratamento da doença no País. Outro caminho para melhorar a identificação de casos é a capacitação dos profissionais das equipes dos programas Agentes Comunitários de Saúde e Saúde da Família (PACS/PSF), iniciada este ano. Até o final de 2005, cerca de 10 mil equipes serão treinadas em todo o País. Desta forma, o diagnóstico e o tratamento estarão próximos do paciente, ao contrário do que ocorre hoje.

A tuberculose é uma doença grave, transmitida pelo paciente quando ele fala, espirra ou tosse, por meio das gotas de secreção respiratória que se propagam pelo ar. Causada por um microorganismo, o bacilo de Koch, cientificamente chamado Mycobacterium tuberculosis, a enfermidade pode atingir todos os órgãos do corpo, em especial os pulmões. O Brasil integra um grupo, formado por 22 países, que concentra 80% dos casos de tuberculose registrados no mundo. Segundo dados da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), do Ministério da Saúde, cerca de 6 mil pessoas morrem todos os anos no país em decorrência da tuberculose. Nos últimos anos, a média de detecção foi de 85 mil novos casos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)