Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/11/2004 10:25

Reforma fortalece governo estadual, avalia Zeca do PT

Marta Ferreira / Campo Grande News

Um administração “mais aberta, mais ampla, mais plural e política”. Essa é a classificação do governo estadual a partir de agora, com a nova configuração do secretariado, segundo definiu esta manhã o governador Zeca do PT, ao dar posse a cinco dos 15 titulares de pastas.
Tomaram posse o deputado estadual Dagoberto Nogueira (PDT), na Secretaria de Produção e Turismo, Dirceu Lanzarini (PL), na recém-criada pasta da Juventude, Esporte e Lazer, José Elias Moreira (PTB), na Secretaria de Meio Ambiente, antes a cargo de Márcio Portocarrero, que a partir desta segunda-feira passa a ocupar a Secretaria Extraordinária de Representação de Mato Grosso do Sul no Distrito Federal. O último a tomar posse hoje foi Ronaldo Franco, que volta para a Gestão Pública, depois de ter coordenado a área de comunicação na campanha de Vander Loubet à prefeitura de Campo Grande.
A reforma é justamente uma acomodação do governo estadual ao resultado que saiu das urnas em 3 de outubro. Os partidos aliados PDT, PL e PTB, vitoriosos na última votação, elegeram juntos 38 prefeitos, além de 274 vereadores, uma participação legislativa que garantiu também maior presença no Executivo Estadual.
O PTB, que não tinha secretaria, ganhou o meio ambiente. O PL manteve a Saúde e ficou também com a de Juventude, Esporte e Lazer. O PDT garantiu a Produção e Turismo e continuou no comando da secretaria de Justiça e Segurança Pública.
A reforma que o governador oficializa hoje ainda não está concluída. Falta a definição dos cargos de segundo escalão, que vai ficar a cargo dos ocupantes das pastas onde houve alterações.
Vai faltar também acomodar os próprios petistas dentro do governo. Parte deles, cuja saída ou mudança foi cogitada, permanece nos cargos, como é o caso de Paulo Duarte, cotado para voltar à primeira secretaria ocupada no governo, a Receita e Controle, e que fica na Infra-Estrutura e Habitação até segunda ordem. Hélio de Lima, na Educação, também chegou a ser considerado fora do primeiro escalão, no entanto está confirmado na pasta.
O PT tem dez das 15 secretarias e pelo mais uma delas deve mudar de mãos, a de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária. Hoje, é comandada por Eloísa Castro Berro. A escolha do novo secretário é responsabilidade da bancada federal, uma forma de o governador contemplar os parlamentares federais com espaço na cúpula do Executivo. Vander Loubet já se sentiu atendido com a volta de Ronaldo Franco para a Gestão Pública. Antônio Carlos Biffi, que tradicionalmente indica cargos na Educação, ainda precisa ter sua cota na administração atendida, segundo afirmou esta manhã o governador Zeca do PT. O governador citou também a necessidade de João Grandão, o terceiro deputado federal petista, também tenha participação na escolha dos nomes que vão concluir a reforma administrativa.
A escolha dos nomes que faltam deve ser breve, segundo afirmaram hoje tanto o secretário de Coordenação-Geral de governo, Raufi Marques, e o deputado federal Antônio Carlos Biffi.

Confira abaixo como fica o secretariado:

Receita e Controle: José Ricardo Cabral
Coordenação-Geral de Governo: Raufi Marques
Gestão Pública: Ronaldo Franco
Infra-Estrutura e Habitação: Paulo Roberto Duarte
Cultura: Sílvio Nucci
Educação: Hélio de Lima
Ciência, Planejamento e Tecnologia: Egon Krakhecke
Desenvolvimento Agrário: Valtecir Ribeiro de Castro
Juventude, Esporte e Lazer: Dirceu Lanzarini
Produção e Turismo: Dagoberto Nogueira
Justiça e Segurança Pública: Antônio Braga
Meio Ambiente: José Elias Moreira
Secretaria de Representação de MS no DF: Márcio Portocarrero
Saúde: João Paulo Esteves.
Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária: Eloísa Castro Berro (permanência indefinida).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)