Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

02/08/2005 14:37

Referendo: Liberadas campanhas de publicidade

Cecília Jorge / ABr

As pesquisas de opinião sobre a proibição de venda de arma no país já podem começar a ser feitas. Cinco dias antes de serem divulgadas, elas precisam ser registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A instrução normativa que regulamenta a realização e divulgação das pesquisas sobre o referendo será votada nesta quinta-feira (4) pelo TSE, mas já foi aprovada ad referendum pelo presidente do tribunal, ministro Carlos Velloso.

De acordo com a norma, o pedido de registro poderá ser encaminhado por fax, sem necessidade de apresentação do original. Os institutos de pesquisa devem informar o nome do contratante, o valor e a origem dos recursos usados no trabalho. Deverão ser informados também o nome do estatístico responsável, a metodologia aplicada e a margem de erro. Em caso de levantamento realizado por iniciativa própria, as empresas terão que informar o valor de mercado das pesquisas.

A divulgação de pesquisas sem o registro prévio ou em desacordo com as normas do TSE está sujeita a multa e prisão do infrator de um a três anos por crime de falsidade ideológica. Poderão ser punidos os responsáveis pela realização da pesquisa, o contratante, o órgão de imprensa ou qualquer outro responsável por sua divulgação.

Na divulgação dos resultados de enquetes ou sondagens, o TSE exige que se informe que não se trata de pesquisa eleitoral, mas de levantamento de opiniões, sem controle de amostra, dependendo apenas da participação espontânea do interessado. A falta de divulgação dessa explicação será considerada crime de falsidade ideológica.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)