Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

27/09/2004 07:24

Redução drástica do colesterol traz benefícios

Agência Notisa

Rio de Janeiro - Considerado um dos principais fatores de risco, o combate às altas taxas de colesterol é um dos desafios da medicina moderna. Nesse sentido, reduzir a taxa de colesterol em mais de 50% com o auxílio de drogas pode ser uma alternativa terapêutica eficaz e recomendável. Essa é a opinião do Dr. Allan Gaw, pesquisador escocês, que defendeu reduções drásticas dos níveis de gordura com o objetivo de reduzir as taxas de risco cardiovascular.

Em palestra no 59º Congresso de Cardiologia, Gaw avaliou as novas opções de tratamento no combate ao colesterol, enfocando o uso das vastatinas — medicamentos capazes de reduzir as lipoproteínas aterogênicas (que causam aterosclerose). Segundo ele, tudo indica que quanto maior a redução do colesterol, maiores são os benefícios para o paciente. Na palestra intitulada “Alcançando alvos em colesterol: novas opções de tratamento”, ele apresentou dados de diversos estudos que demonstravam que a diminuição da taxa de colesterol com o uso de vastatinas, mesmo quando superior a 50%, era acompanhada de redução significativa das taxas de risco cardiovascular.



Um dos argumentos do pesquisador foi o resultado de um estudo europeu (PROVE IT - Pravastatin or Atorvastatin Evaluation and Infection Therapy), publicado em março deste ano que comparou o uso de duas vastatinas: a atorvastatina (80mg) e pravastatina (40mg). A pesquisa, que envolveu mais de 4 mil pacientes acompanhados durante dois anos, concluiu que quanto mais forte o impacto da droga, melhores são os resultados para os pacientes.



Apesar de defender o uso, o pesquisador acredita que esse tipo de medicamento não deve evoluir mais e aposta no desenvolvimento de novas opções de combate ao colesterol. Ele citou como exemplo o uso combinado de drogas, como algumas vastatinas com aspirina ou anti-depressivos.



Gaw apontou ainda para a necessidade de o médico estabelecer prioridades na tentativa de diminuir os riscos cardiovasculares. Além do colesterol, o combate ao fumo e o controle da pressão arterial são fundamentais. “Esse é um problema mundial, que atinge tanto o Brasil quanto a Europa e os Estados Unidos”, afirmou. Os dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia confirmam: 300 mil brasileiros ainda morrem a cada ano devido a problemas relacionados a doenças cardiovasculares.



(Agência Notisa – jornalismo científico - scientific journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)