Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/06/2005 09:44

Redução das emissões de veículos é tema de conferência

Gabriela Guerreiro / ABr

A preocupação com a eficiência dos combustíveis para veículos automotores e a redução dos impactos que promovem no meio ambiente vão reunir especialistas internacionais e brasileiros nesta semana, em Brasília, na IV Conferência Internacional de Emissões Veiculares. O encontro pretende estimular o intercâmbio de informações entre diversos países e definir estratégias que resultem em políticas governamentais para a redução de doenças e danos ambientais provocados pelos veículos automotores e caminhões.

Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a frota brasileira saltou de 18 milhões de veículos em 1990 para 36 milhões em 2003 – o que provocou impactos no meio ambiente com a emissão de gases veiculares. Os especialistas vão discutir alternativas para incrementar o programa de controle de poluição do ar por veículos automotores (Proconve), do Ibama, uma vez que acreditam em um aumento expressivo na venda de carros e caminhões nos próximos anos diante das projeções de crescimento econômico do país.

O Proconve impõe restrições aos limites de emissão dos veículos novos com medidas que proíbem as alterações das características originais dos carros e caminhões por seus proprietários ou mecânicos. Desde o final da década de 80 o programa do Ibama obrigou fabricantes de veículos automotores a reduzirem as emissões entre 80% e 90%, de acordo com a classe do veículo.

Estudos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) apontam, no entanto, que se aumentarem as reduções nas emissões veiculares nas maiores regiões metropolitanas do Brasil, em 20 anos podem ser evitadas 47 mil mortes prematuras, 20 mil hospitalizações e 50 mil casos de bronquite crônica – com benefícios que somam R$ 50 bilhões.

A Petrobrás vai aproveitar a Conferência para apresentar os planos da empresa para a redução das emissões no Brasil. A empresa pretende, até 2010, investir US$ 3,3 bilhões para reduzir a emissão de enxofre na gasolina e óleo diesel. Os especialistas também vão cobrar durante o encontro a aprovação do projeto de lei 5979/2001, que regulamenta e federaliza as inspeções veiculares no país. O custo para colocar as inspeções em prática é o maiores obstáculo para a aprovação da matéria, uma vez que a inspeção anual é da ordem de R$ 50 por veículo, valor a ser pago pelo proprietário do carro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)