Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/05/2004 09:19

Redivisão pode gerar desenvolvimento e integração

Agência Câmara

O ex-ministro das Comunicações e ex-deputado federal, Pimenta da Veiga, considera-se um "defensor ardoroso" da redivisão territorial por acreditar que o Brasil estará no rumo do desenvolvimento. Ele manifestou, entretanto, sua preocupação quanto ao crescimento populacional no País. "Na próxima década, a população brasileira terá 30 milhões de pessoas a mais. E para aonde elas vão? Certamente para a periferia das grandes cidades. Se não criarmos alternativas para esse contingente, poderemos ter, no futuro, saudade da violência que hoje impera naquelas cidades", afirmou.
O ex-ministro rebateu ainda a idéia de que um novo estado representa "esbanjamento" de recursos. Para ele, a lógica é contrária. "É muito mais econômico administrar pequenas e médias cidades", afirmou, argumentando que a prestação de serviços públicos - como transporte e fornecimento de água - é menos onerosa quando feita para pequenas populações.

Estradas
Para o presidente da Comissão Pró-criação do estado do Araguaia, Francisco Monteiro do Nascimento, a perda de escoamento é outro problema a ser solucionado com a redivisão. Oriundo do Vale do Araguaia, no Norte do Mato Grosso, também conhecido por "Vale dos Esquecidos", ele destacou que a região, embora tenha tido grande produção neste ano, perdeu boa parte dela, em razão das péssimas condições das estradas.

Sudam e Sudene
A deputada Terezinha Fernandes (PT-MA) acredita que a proposta de redivisão territorial pode ser instrumento de integração das regiões Norte e Nordeste ao processo de desenvolvimento já experimentado pelo Sul e Sudeste, cujas condições favoráveis resultam em boa qualidade de vida aos seus habitantes. Ela recordou que os últimos 30 anos têm sido pródigos na questão do êxodo rural, que ocasiona o inchaço dos centros urbanos. "Esse problema poderia ser resolvido se todas as regiões brasileiras fossem igualmente desenvolvidas. Nesse sentido, a recriação da Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) e da Sudene (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste) é importante para integrar as regiões e para definir que tipo de desenvolvimento se pretende", concluiu.



Reportagem - Reportagem - Beth Veloso e Patrícia Araújo
Edição - Malena Rehbein


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)