Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/04/2006 08:37

Rede mobiliza sociedade para reduzir casos de câncer

Agência do Rádio

As mortes em decorrência do câncer chamam a atenção das autoridades de saúde do mundo inteiro. Nos países desenvolvidos, o câncer ocupa o segundo lugar no ranking das doenças que mais matam. As do coração são as primeiras. Atento ao problema, o Ministério da Saúde, por meio do Instituto Nacional de Câncer, Inca, vai criar uma Rede de Atenção Oncológica. A idéia é mobilizar entidades governamentais e a sociedade para reduzir os casos de câncer no Brasil. O coordenador de Ações Estratégicas do Inca, Marco Porto, destaca os principais pontos do projeto.

"Houve uma preocupação de se fixar diretrizes nacionais, prioridades para determinados cânceres , metas que se quer atingir, mas não de se construir um plano nacional. Em função destas diretrizes, os estados, respeitados as suas pecualiaridades construirão os planos estaduais naturalmente que em diálogo regular com o ministério, com o Inca e esses planos então procurarão dar conta das diretrizes fixadas. Existe uma prioridade que é uma prioridade de governo, com relação aos cânceres de colo de útero e de mama."

O Ministério da Saúde vai destinar R$ 46 milhões para os planos de ação dos estados, com prioridade para atenção aos cânceres do colo do útero e de mama. A intenção é reduzir a incidência e a mortalidade. A política também inclui a implantação de unidades de alta complexidade em várias regiões, para atender à demanda de pacientes com outros tipos de câncer.

De Brasília, Silaine Bohry

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)