Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/03/2005 16:52

Receita reduz exigências para exportação temporária

ACS - SRF

A Receita Federal está adotando medidas para tornar mais ágil a reimportação de mercadorias exportadas por período temporário. Foram publicadas no Diário Oficial da União de segunda-feira (14) as Instruções Normativas 522 e 523, que acabam com a exigência de faturas comerciais para produtos que retornem ao País após o envio ao exterior por tempo determinado.

Antes das medidas, as empresas que faziam, por exemplo, operações de reparos de turbinas de aviões no exterior estavam obrigadas a apresentar fatura comercial por ocasião do despacho de reimportação. Nesse caso, não havia necessariamente procedimento de compra e venda.

O prazo de vigência do regime - que era contado a partir da averbação do embarque ou da transposição da fronteira - passa a ser contado da data do registro correspondente à declaração utilizada no despacho aduaneiro. Foi mantido, no entanto, o período de concessão de um ano.

Quanto ao reconhecimento de equivalência, em harmonia com a alteração da norma de exportação temporária, as novas regras passam a permitir o despacho de reimportação de bens trocados por equivalente ao admitido ou ao exportado por tempo determinado sem a fatura comercial.

As medidas atendem a pedidos de setores industriais do País. Eles argumentavam que, em várias situações, não existia tradição da propriedade, o que dispensaria a apresentação de faturas comerciais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)