Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/07/2007 19:34

Receita Federal eleva imposto para cigarros e carga sobe

Edla Lula/ABr

Brasília - A Receita Federal elevou em 30% o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) dos cigarros. De acordo com a Instrução Normativa 753, publicada hoje (11) no Diário Oficial da União, os fabricantes também devem divulgar, "mediante tabela informativa que deverá ser entregue aos varejistas", os preços a serem cobrados ao consumidor após os reajustes.

Os fabricantes também deverão encaminhar à Coordenação-Geral de Fiscalização (Cofis), até 31 de julho, a relação de marcas comercializadas e de preços de venda a varejo em vigor a partir de hoje, além da relação de distribuidores atacadistas e gráficas responsáveis pela impressão das embalagens.

De acordo com o coordenador-geral de Fiscalização da Receita, Marcelo Fisch, o aumento tem por objetivo realinhar a carga tributária, já que o último reajuste ocorreu em 2004. Com isso, carga dos cigarros passou de 60% para 65%.

"A política do governo é de manter a carga elevada sobre os cigarros, para desestimular o consumo", comentou Fisch. Ele informou que com o aumento de hoje a Receita arrecadará mais R$ 1 bilhão por ano.

O Sindicato da Indústria do Fumo do Estado de São Paulo (Sindifumo) contestou o argumento utilizado pela Receita para aumentar a alíquota do IPI. Por meio de nota, afirmou que o verdadeiro objetivo é aumentar a arrecadação: "O Sindifumo SP reforça que não está se posicionando contra o controle do consumo ou a elevação da arrecadação. O que é combatido é a injustiça fiscal, que mais uma vez se faz presente neste novo aumento do IPI, reforçando ainda mais as distorções provocadas pelas fórmulas tradicionalmente empregadas pelo governo para aumentar a arrecadação".

O Sindifumo representa alguns fabricantes, mas não inclui Phillip Morris e Souza Cruz, que dominam 90% do mercado de cigarros no Brasil.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)