Cassilândia, Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

20/11/2003 07:13

Receita chega aos 35 anos com a maior arrecadação

Gustavo Bernardes/ABr

Quando o assunto é tributação, o Brasil é líder absoluto. Atualmente, o país tem uma das mais elevadas cargas tributárias do planeta, mas possui também um dos mais modernos e eficientes modelos de arrecadação de impostos - reconhecido internacionalmente e reproduzido por países como México, Peru, Espanha, Paraguai, Cuba e República Dominicana.

Aos 35 anos de existência, completados hoje, a Receita Federal – órgão responsável pelas aduanas e pela cobrança dos tributos das empresas e das pessoas físicas - já registra a maior arrecadação da história: R$ 30,3 bilhões, entre janeiro e setembro deste ano – 62% a mais que o arrecadado no mesmo período do ano passado.

No quesito “administração aduaneira”, os números também são recordes. Nos últimos quatro anos, foram apreendidos pela Receita mais de 1,5 mil toneladas de produtos falsificados e mais de R$ 1,5 bilhão em mercadorias contrabandeadas. Somente no primeiro semestre deste ano, mais de 30 toneladas de produtos piratas foram apreendidos. Entre eles, bolsas Louis Vuitton (13,5 toneladas), aparelhos de CD ROM provenientes da China (10 toneladas), CD´s virgens (720 mil) e até mesmo unidades das colas Superbonder (216 mil).

Para o secretário da Receita, Jorge Rachid, a explicação para esses números são os investimentos contínuos em tecnologia e treinamento de pessoal. “Todas as obrigações tributárias apresentadas pelas pessoas jurídicas são cumpridas por meio eletrônico. Mais de 95% das pessoas físicas cumprem a sua obrigação também em meio eletrônico. Isso é um exemplo de eficiência”, diz Rachid.

Segundo o secretário, a adoção de novos sistemas de cruzamento de dados, como a certificação digital implementada neste ano, também ajudam no aumento da fiscalização e das autuações. “Essa é a nossa missão. Não só arrecadar e efetuar o controle aduaneiro, mas prestar serviço de excelência ao contribuinte”, completa.

Apesar do bom desempenho, a Receita não consegue escapar das críticas. O aumento da alíquota da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) de 3% e 7,6% ainda gera polêmica, até mesmo na indústria – considerada a maior beneficiada com a mudança. Segundo representantes do setor produtivo, a alteração aumenta ainda mais a carga tributária de algumas empresas em vez de diminuir. “Se alguns setores serão beneficiados, outros poderão sofrer uma redistribuição em relação a esse ônus. Mas a premissa é haver a manutenção do nível de arrecadação, e isso está ocorrendo”, replica Rachid.

As críticas não mudam os planos do secretário escolhido este ano para ser responsável pela Receita na gestão Lula. Para Rachid, o Fisco ainda precisa fazer mais. “Há um compromisso em não aumentar carga tributária, mas ao mesmo tempo precisamos ser mais eficientes para reduzir o espaço dos sonegadores e dos que não cumprem com sua obrigação tributária”, completa.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Setembro de 2020
Segunda, 21 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)