Cassilândia, Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

Últimas Notícias

28/03/2008 14:05

Recálculo ajuda produtor rural endividado

A substituição dos encargos inadimplemento da taxa Selic mais 1% ao ano por IPCA mais 6% a.a., uma das sugestões do governo Federal para o fim do endividamento agrícola, não compensa para os produtores rurais, comenta o especialista em recálculo e advogado, Carlos Alberto Pereira. Ele esteve na última quinta-feira (27), na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Dourados, falando sobre a importância do recálculo para a quitação de dívidas rurais.


“O problema é que hoje, com os debates em torno da renegociação das dívidas, não se calcula o efeito das decisões. O produtor acha que pode ser uma boa oportunidade para quitar o débito, mas não percebe que pode pagar ainda menos se fizer o recálculo”, comentou o especialista.

O avogado mostrou que com a diferença entre os dois encargos de inadimplemento gera uma economia para o produtor rural de 1,57% a.a., ou seja, quem deve R$ 100 mil, terá um desconto de R$ 1.570. “O efeito dessa medida é nenhum”, destaca.

O especialista também frisou em sua palestra que o advogado precisa orientar os produtores rurais, interessados em quitar seus débitos. “O advogado precisa saber avaliar o que é melhor para seu cliente. De repente as medidas da renegociação do governo Federal não representam perdas menores para o agricultor endividado e o meio jurídico, com o recálculo, é a melhor garantia”, aponta.




Sato Comunicação

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 25 de Maio de 2017
Quarta, 24 de Maio de 2017
14:40
Cassilândia
13:00
Dicas de segurança
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)