Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/12/2006 05:10

Recado do Cheida - O efeito bumerangue

Luis Eduardo Cheida

Uma capivara banhava-se em um rio de águas revoltas. Tendo defecado, as fezes levadas pelo redemoinho foram parar em seu focinho. Indignada, ela exclamou:

- Que cheiro horrível tem este rio nojento! Já não existem por aqui as puras águas de antigamente...

Não é tão fácil as pessoas perceberem que boa parte dos desequilíbrios ambientais é conseqüência de um comportamento fora de sintonia com as mais elementares leis da natureza.
Um povo que despeja esgoto em um rio que corta sua cidade, adoece mais facilmente, como se houvesse uma tentativa da natureza de eliminar o agente agressor. É o chamado efeito bumerangue, em referência à arma dos aborígenes australianos que, uma vez atirada, descreve uma circunferência no ar e, se o atirador não apanhá-la a tempo, ela lhe atingirá a nuca.
Isso parece óbvio.
Porém, o que parece óbvio para você, pode ser chinês em braile para seu vizinho. Veja, entre milhares, um exemplo banal:
Muita fumaça no ar, aumento estatístico de enfisema pulmonar.
O insensato logo argumenta:
- Mas, nem todos que respiram o mesmo ar têm enfisema pulmonar!

A lógica do pensamento comum é: para cada causa há um efeito correspondente. Ou: a toda ação há uma reação (de mesma intensidade e em efeito contrário, diria a Física). Dessa forma, se é verdade que fumaça no ar causa enfisema pulmonar, todos que respirarem deste ar terão o mal. Como nem todos desenvolvem a doença, não é verdade que muita fumaça no ar cause enfisema pulmonar. Este é o pensamento unicausal.

Contudo, as relações no mundo natural não são unicausais. Para cada ação há um sem-número de reações. A lógica do mundo natural é multicausal.
Entretanto, como isso não é perceptível, as conseqüências das agressões ambientais não são percebidas enquanto tal. Dentre outras razões, também por isso, é tão difícil as pessoas crerem que os ecologistas têm razão. De um lado, faltam informações; de outro lado, é outra a lógica de seu pensamento. O que faz com que muitos ajam como a capivara: não tenho nada com isso.

Um amigo meu, já começando a acreditar que as coisas são diferentes, mesmo achando que ainda não entende nada de ecologia, de vez em quando solta:

- O poblema é que estão mexendo muito na natureza.

Augurando que, um dia, mexamos menos na natureza, um forte abraço e até sexta que vem.

--------------------------------------------------------------------------------
Luiz Eduardo Cheida é médico e deputado estadual eleito no Paraná. Foi Prefeito de Londrina (1992 – 1996), Secretário de Meio Ambiente do Paraná e Membro titular do CONAMA (2003 – 2006).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)