Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2004 15:30

Reajuste do salário mínimo poderá ser concedido com MP

Agência Brasil


O reajuste do salário mínimo, tradicionalmente concedido em maio, pode ser antecipado para janeiro por medida provisória (MP), afirma o vice-presidente do Congresso Nacional, senador Paulo Paim (PT-RS). Segundo ele, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estuda antecipar o reajuste e a decisão será tomada durante esta semana. Paim esteve com o presidente Lula durante viagem ao Rio Grande do Sul para a assinatura do protocolo de duplicação da BR-101 na última sexta-feira (3).

Segundo o parlamentar, os dois acertaram que, nesta semana, senadores envolvidos na campanha de reajuste do mínimo, ministros e sindicalistas devem se reunir para tratar do assunto. O primeiro encontro está marcado para terça-feira (7) entre a bancada do Senado e as Centrais Sindicais. Até o fim da semana, os parlamentares devem se reunir com o ministro do Trabalho, Ricardo Berzoini.

"Na linha em que eu conversei com o presidente, nós faríamos reajuste já em 1º de janeiro. O presidente baixaria, mediante acordo, uma medida provisória em janeiro, reajustando o salário mínimo, e nós iríamos trabalhar então para uma política de reajuste permanente", explicou o parlamentar.

O Congresso começa a definir esta semana a composição de uma comissão mista formada por onze deputados e onze senadores que terão 60 dias para ouvir governadores, prefeitos, ministros e representantes de empregadores e trabalhadores para avaliar o reajuste permanente do salário mínimo.

"Essa comissão mista ficaria responsável por elaborar de forma definitiva um projeto que garanta a recuperação do salário mínimo bem como os benefícios de aposentados e pensionistas", disse Paim, idealizador da comissão.

De acordo com o presidente da Subcomissão de salário mínimo da Câmara dos Deputados, deputado Tarsício Zimmermann (PT-RS), a comissão deve ser formada esta semana. "Teremos mais um instrumento a ajudar que nós tenhamos mais um instrumento de elevação do salário mínimo", observou.

Na próxima semana, de 13 a 15 de dezembro, a CUT organiza a Marcha a Brasília em defesa do Salário Mínimo. A reivindicação da Central Única de Trabalhadores (CUT) de um mínimo de R$ 320 foi incorporada pela Força Sindical, Confederação Geral dos Trabalhadores (CGT), Central Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) e Central Autônoma dos Trabalhadores (CAT).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)