Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/05/2004 15:14

Rastreabilidade de bovinos será discutidas na Famasul

Assessoria

Produtores rurais e técnicos não concordam com as exigências impostas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), estabelecidas através da Instrução Normativa número 12004 e vão pedir mudanças no Sistema de Identificação de Bovinos e Bubalinos (Sisbov).

Para debater o assunto e tentar esclarecer as dúvidas a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), realizou esta manhã um Fórum de Discussão da rastreabilidade, que contou com a presença de presidentes de sindicatos rurais de quase todo Estado, além de produtores, profissionais e autoridades do setor, somando cerca de 200 pessoas. A Confederação Nacional da Agricultura (CNA), foi representada pelo assessor técnico do Fórum Permanente da Pecuária de Corte, Paulo Sérgio Mustefaga.

Entre os pontos mais polêmicos estão a obrigatoriedade da rastreabilidade para todo rebanho, a exigência da apresentação da Documento de Identificação animal (DIA) para o transporte dos animais, juntamente com a Guia de Transito de Animal (GTA) e a dupla identificação, sendo uma do Sisbov e outra da propriedade de origem. Os prazos para a certificação também foram debatidos.

De acordo com Paulo Sérgio Mustefaga a CNA já tentou junto ao ministério da agricultura uma solução para o impasse entre o governo e os produtores, inclusive apresentando sugestões que foram aceitas pelo ministério. Ele afirma que é importante a união dos produtores para tentar uma negociação, "a classe produtora deve buscar apresentar a realidade em relação as dificuldades que o produtor que vive no campo". O assessor também diz que alternativas podem ser buscadas até mesmo coma União Européia para tentar tornar o Sisbov exeqüível para o Brasil.

Autor:
Eudete Petelinkar

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)