Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/04/2005 14:47

Raios matarão mais e darão prejuízo de R$ 400 milhões

Gazeta Mercantil

Projeções feitas pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) indicam que a incidência de raios no Estado de São Paulo, que lidera o número de registros de descargas elétricas em todo o território nacional, será 30% maior nos próximos 25 anos.

Com isso, deverá dobrar os casos de mortes provocadas pelo fenômeno a cada ano. Os prejuízos causados pelos raios no Estado também deverão saltar dos atuais R$ 100 milhões para R$ 400 milhões por ano.

As projeções foram feitas a partir de um modelo inédito de previsão de incidência e impacto dos raios no Brasil até o ano de 2030. Ele utilizou como referência as informações detectadas por satélites e também pelos sensores que compõem a Rede Integrada Nacional de Detecção de Descargas Atmosféricas (Rindat).

O aumento da incidência de raios no Brasil, considerado o país campeão na ocorrência do fenômeno, pode estar relacionado a três fatores principais, segundo o coordenador do ELAT no Inpe, Osmar Pinto Júnrior: aquecimento global, El Niño e La Niña e formação de "ilhas de calor" nos centros urbanos. Um dos dados que comprovam essa última hipótese é um estudo do Inpe, divulgado em dezembro do ano passado.

Segundo a pesquisa, que monitorou a incidência de raios no Sudeste do país, as dez cidades com maior incidência média de raios estão localizadas na região da Grande São Paulo. "Os municípios de médio e grande porte do Estado apresentam níveis altos de poluição e temperatura, formando as chamadas "ilhas de calor", que alteram a formação das tempestades e provocam mais raios", disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)