Cassilândia, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

19/08/2008 17:11

Rádio de Amambaí (MS) pede suspensão da multa

TSE

A Rádio Jornal de Amambaí recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a cobrança de multa, fixada em R$ 53.205,00, pela divulgação de pesquisa sobre a intenção de votos para a Prefeitura Municipal de Amambaí sem o devido registro no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS).

A emissora foi condenada ao pagamento da multa depois que os partidos PMDB, PDT e PPS entraram com uma representação na Justiça Eleitoral local. Eles questionaram a pesquisa, realizada entre os dias 26 e 27 de março de 2007, alegando que o resultado da amostragem foi veiculado no programa Resenha da Cidade do dia 6 de maio de 2008 pelas rádios Jornal AM e FM.

Na representação, as legendas que integram a coligação "Transparência Gerando Desenvolvimento em Amambaí" alegaram que a pesquisa, embora realizada em ano não eleitoral (março de 2007), não foi registrada para divulgação posterior (maio de 2008).

Sustentam ainda que houve divulgação incorreta de dados, com a omissão do percentual de indecisos e demais informações relativas à contratação da empresa para a pesquisa. O TRE-MS aceitou em parte os argumentos, determinando a aplicação da multa.

Para os juízes do Tribunal Regional, ao divulgar a pesquisa sem o registro, a emissora violou o artigo 33 da Lei Eleitoral (Lei 9.504/97) e a Resolução 22.623/2007 do TSE, que determina o registro de pesquisas e testes pré-eleitorais a partir de 1º de janeiro de 2008, até cinco dias anteriores à divulgação dos dados. Tais dispositivos prevêem a aplicação de multa de até 100 mil Ufirs, equivalentes a (R$ 106.410,00), em caso de descumprimento da norma.

Após sofrer a sanção, a emissora recorreu ao TSE alegando que na época da amostragem não existiam candidaturas formalizadas às eleições municipais deste ano, e que a decisão regional que impôs o pagamento da multa deve ser cassada.

O recurso vai ser analisado pelo ministro Ari Pargendler.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 23 de Fevereiro de 2017
Quarta, 22 de Fevereiro de 2017
13:30
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Terça, 21 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)