Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

13/05/2005 14:32

Racismo:Senadores prestam solidariedade a jogador vítima

Luciana Vasconcelos /ABr

O jogador de futebol Edinaldo Batista Libânio, conhecido como Grafite, recebeu hoje moção de solidariedade e apoio dos senadores, durante audiência pública pela passagem do Dia da Abolição da Escravatura. Durante a solenidade, o jogador pediu que todas as vítimas de discriminação recebam o mesmo tratamento e apoio que ele recebeu de todos os brasileiros.

No dia 13 de abril, Grafite foi insultado pelo jogador argentino Leandro Desábato, que o chamou de "macaco", durante jogo entre o São Paulo e o Quilmes. Grafite deu queixa e Desábato saiu preso do jogo. O jogador são-paulino informou que vai apresentar queixa-crime contra o argentino na semana que vem.

A presidente do Conselho de Defesa dos Negros do Distrito Federal, Tereza Ferreira da Silva, elogiou a atitude do jogador brasileiro, e disse que, para os movimentos, ele foi um herói. "Porque ele não se calou. Foi uma atitude digna, o maior gol-de-placa", afirmou Tereza.

Grafite disse que, durante a sessão de hoje no Senado, pôde sentir a dimensão de sua atitude. "Estou feliz com o reconhecimento. Agora, faço parte dessa luta também", afirmou. Apesar disso, o jogador brasileiro reconheceu que existe preconceito entre os torcedores. Grafite contou que, depois do caso de Desábato, vem recebendo freqüentes xingamentos. "Em todos os jogos, torcedores adversários tentaram me tirar do sério e tirar minha concentração do jogo. procuraram me ofender, mas eu tenho a cabeça boa, tranqüila", ressaltou.

O atleta afirmou que releva a atitude do torcedor, desde que não haja agressão física. "Imagine se todo torcedor que me xingar de macaco, de alguma coisa, como foi o caso, eu tiver que ir à delegacia fazer ocorrência. Eu vou ter que morar dentro de uma delegacia", disse Grafite. "Acho que o torcedor, se pagou o ingresso, tem o direito de falar o que quiser. Não partindo para a integridade física, acho que torcedor tem direito de fazer o que quiser", completou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)