Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/03/2015 11:33

Quem tem direito a desaposentação?

Guilherme de Carvalho*

A desaposentação certamente será um tema recorrente neste ano, principalmente frente a certa decisão sobre o tema no Supremo Tribunal Federal, que repercutirá nas demais decisões sobre o tema que estão nos tribunais brasileiros. Mas, quem tem direito a esse reajuste nos vencimentos da aposentadoria?

Primeiramente é importante ter em mente que a desaposentação é uma ação que possibilita ao aposentado que continuou trabalhando e contribuindo para o INSS o direito a abdicar da atual aposentadoria para reverter as contribuições anteriores, pagas depois de aposentado, em um considerável aumento do benefício recebido. Chegando até o limite do benefício pago pela Previdência.

Possuem direito a essa revisão quem se aposentou e continuou trabalhando e contribuindo para a Previdência Social, e isso pagando o mesmo valor no mesmo valor ou maior do que contribuía no momento da aposentadoria.

Contudo, não é tão simples a luta por esse direito, sendo necessária uma ação judicial e complexos cálculos e simulações para saber a possibilidade ou não do direito e quais os valores que passarão a ser ganhos, é preciso fazer uma simulação até mesmo no site da Previdência Social.

Para isso o contribuinte deve ir a um escritório especializado com os extratos de salário de contribuição e vínculo, o chamado CNIS (Cadastro Nacional de Informações Sociais). A partir desses extratos impressos é que serão feitas as simulações, que comprovarão a possibilidade da pessoa entrar com ação.

“O resultado desse tipo de ação, apesar de não ter uma definição final do STF, já vem ocasionando a muitos brasileiros aposentados consideráveis aumentos nos ganhos, possibilitando aumento no padrão de vida”, explica o presidente da G. Carvalho Sociedade de Advogados, Guilherme de Carvalho.

Vale lembrar que além da desaposentação de trabalhadores registrado pelo INSS, um ponto muito importante e ainda pouco explorado é que os servidores públicos também possuem esse direito que devem buscar junto à Justiça.

Guilherme de Carvalho – advogado previdenciário e presidente da G.Carvalho Sociedade de Advogados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)