Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/07/2016 17:00

Quem já pagou não tem direito a ressarcimento, analisa Procon

Midiamax

O Procon/MS (Superintendência de Defesa do Consumidor) informou na tarde desta quinta-feira (21) que os condutores que pagaram a taxa de vistoria para licenciamento de veículos com mais de cinco anos de fabricação não têm direito a ressarcimento. “A cobrança era válida, estava vigente pela legislação”, diz a superintendente Rosimeire Cecília da Costa. O entendimento do órgão vai na contramão do MPE-MS (Ministério Público Estadual), que recomenda que o contribuinte entre na Justiça para pedir o ressarcimento.

A revogação da taxa foi publicada hoje no Diário Oficial do Estado. A cobrança causou polêmica desde a criação em março de 2015, instituída por André Puccinelli (PMDB) e mantida por Reinaldo Azambuja (PSDB).

“Até ontem estava valendo, estava na legislação. Tanto o Detran/MS, quanto as credenciadas, prestaram os serviços, normalmente. No tempo que as pessoas fizeram a inspeção, a taxa estava conforme a lei”, destaca a superintendente do Procon/MS.

O Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) já afirmou que não fará devolução do dinheiro da taxa de vistoria, considerada ilegal pelo Ministério Público.

Além da recomendação do MPE-MS, a vistoria também recebeu um parecer contrário da AGU (Advocacia-Geral da União), uma manifestação do MPF (Ministério Público Federal) classificando a cobrança obrigatória como ‘flagrantemente inconstitucional’, e o STF (Supremo Tribunal Federal) chegou a suspender a mesma taxa em outros Estados. Até mesmo o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), procurado pelo Jornal Midiamax, afirmou que ‘manifestou-se contrariamente à realização de vistoria veicular para fins de licenciamento, em razão da falta de previsão legal’.

Denúncias

O Jornal Midiamax denunciou irregularidades no serviço de vistoria na Capital. Um mesmo veículo, que teve o freio isolado e um amortecedor removido, foi levado a várias vistoriadoras e aprovado em todas, o que atentava contra o discurso mantido pelo governo de que a cobrança visava garantir a segurança no transito, retirando de circulação veículos sem condições de uso.

No começo de 2016, o Jornal Midiamax teve acesso a novos vídeos de vistoria veicular feita sem os critérios básicos de verificação de itens de segurança, justificativa usada pelo governo para criação da portaria que estabeleceu a cobrança obrigatória. Um proprietário de um Hyundai Vera Cruz levou o veículo com pneus carecas, sem estepe, macaco, chave de roda e triângulo, itens obrigatórios para circulação de qualquer carro em território brasileiro, cuja ausência é considerada infração gravíssima, com multa que ultrapassa R$ 540.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)