Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/04/2009 21:01

Queda: Operário perde e é rebaixado para a 2ª divisão

Paulo Fernandes, Campo Grande News

Trigéssimo sétimo melhor time do país conforme ranking da CBF, o Operário perdeu em campo para o Nova Andradina, neste domingo, em pleno Estádio Morenão, e caiu para a 2ª divisão. A queda foi considerada uma tragédia para quem acompanha o futebol sul-mato-grossense. O placar foi de 3 a 2 para o time visitante.

A despedida do Galo foi acompanhada por um número pífio de torcedores, aproximadamente 200 pessoas. O Operário é o maior detentor de títulos de campeão estadual (10), o último deles conquistado em 1997.

O jogo – Os atletas do Galo fizeram uma oração antes de entrar em campo. Não foi suficiente. Na partida deste domingo, o Nova Andradina soube trabalhar melhor a bola, com toques rápidos, e chegou ao 1º gol aos 14min do 1º tempo, em uma bola cruzada, desviada por Bruno. O gol foi bastante contestado por alguns operarianos, que afirmaram que houve mão na bola.

Léo empatou aos 24min. E Adrianinho colocou o Galo em vantagem ainda no 1º tempo, aos 32 min. Mas no 2º tempo, o Nova Andradina mostrou maior preparo e Lucas virou novamente o jogo. Ele balançou as redes aos 29min e aos 38min.

O técnico Rudinei Lucas Correa não contestou o resultado. “O resultado foi justo, o jogo foi normal. Isso é uma conseqüência de muita coisa mal feita. Este grupo não teve culpa. Muita gente foi mandada embora, e os jogadores estão sem receber. Além disso não tivemos estrutura nenhuma”, afirmou. “Tudo isso foi resultado de um mau planejamento. Hoje só foi o decreto final”, acrescentou.

Mesmo se vencesse a partida, o Operário acabaria caindo para a segunda divisão, já que dependia da vitória do Rio Verde, que perdeu para o Coxim por 3 a 2.

Tragédia anunciada – “O Operário nunca caiu para a 2ª divisão; se cair vai cair na lama”, afirmou ao Campo Grande News o repórter esportivo Roberto Miranda no intervalo da partida. Ele fala com a experiência de quem tem 42 anos de profissão.

Operariano, Roberto Miranda afirma que quando está trabalhando deixa de lado o coração, mas que como torcedor se sente angustiado de ter que fazer a cobertura da queda do time mais tradicional do Estado.

Para o repórter esportivo Marcelo Nunes, o que aconteceu com o Operário foi uma total falta de planejamento. “O Tony (Vieira, presidente do Galo) é um cara sério, tem amor pelo time, mas não tem respaldo para conseguir grandes apoios. Ele não tem influencia”, afirma.

Mesmo sendo comercialino, Marcelo Nunes conta que a derrota do rival “dá uma tristeza danada”. “O Operário sempre foi um time de glória. O futebol sem o Operário perde um pouco. Quando ele cai para a 2ª divisão é como se o futebol todo caísse também”, afirma.

Comercial – No sábado (19), o Comercial que vivia a mesma situação do Operário, conseguiu se salvar no último instante ao vencer o Aquidauanense por 5 a 0, no Estádio Morenão, em Campo Grande. E ao contar com a ajuda do Pantanal, que, em casa, venceu o Maracaju por 2 a 1.

Ficha técnica:

Operário

Escalação: Lopes, Lúcio, Nilson, Moto, Robson, Mardonio, Carlos, Adriano, Adriano Luiz e Léo.

Banco: Jonny, Pedro Coco, Jeanderson, Pedro Júnior, Marcelo, Alex Portugal e Pedra.

Técnico: Rudinei Lucas Correa.

Nova Andradina

Escalação: Dida, Bira, William, Bruno, Altino, Panta, Jefferson, Thiago Martins, Michel, Lucas, Leandrinho.

Banco: Cleiton, Guilherme, Rodrigo, Eder Lima

Técnico: Nilson Aragão

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)