Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

10/04/2007 16:06

Queda no dólar acena situação crítica para agricultura

Luciana Modesto e Jorge Almoas/Estagiário

No começo desta semana, o mercado financeiro se aqueceu com a diminuição do risco-país e a queda do dólar, que fechou a cotação na última segunda (09) a R$ 2,025, o menor valor desde março de 2001. Se por um lado, essa situação atrai os investidores estrangeiros para o Brasil, quem atua no campo não tem o que comemorar.

“Para o produtor rural, a queda do dólar é uma tragédia. A grande possibilidade de desenvolvimento das culturas e de aumentar o lucro está na exportação. Com a moeda americana em baixa, o preço do produto no mercado internacional é desvalorizado, reduzindo o lucro e encarecendo a produção ainda mais”, avalia Carlos Dupas, vice-presidente da Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM).

Segundo Dupas, além do setor produtivo, a indústria também sa! i prejudicada com a diminuição no valor do dólar, mas que o impacto é maior no campo. “A soja vai sofrer com a diminuição, além do milho que ganhou visibilidade internacional após as recentes discussões sobre a produção de biocombustíveis. As carnes suína, bovina e de frango também podem perder espaço”.

O vice-presidente da BBM sinaliza que, pelo aspecto da compra de insumos agrícolas, o dólar mais barato é benéfico, mas nem tanto. “A compra de insumos aumentou com as crescentes demandas da agroenergia. Porém, o preço dos adubos importados cresceu de 30 a 50 por cento, e em dólar. Logo, não há lado positivo. Algo precisa ser feito para não prejudicar a agricultura brasileira, incluindo a do Mato Grosso do Sul”, finaliza.







Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Junho de 2017
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)