Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/04/2007 16:06

Queda no dólar acena situação crítica para agricultura

Luciana Modesto e Jorge Almoas/Estagiário

No começo desta semana, o mercado financeiro se aqueceu com a diminuição do risco-país e a queda do dólar, que fechou a cotação na última segunda (09) a R$ 2,025, o menor valor desde março de 2001. Se por um lado, essa situação atrai os investidores estrangeiros para o Brasil, quem atua no campo não tem o que comemorar.

“Para o produtor rural, a queda do dólar é uma tragédia. A grande possibilidade de desenvolvimento das culturas e de aumentar o lucro está na exportação. Com a moeda americana em baixa, o preço do produto no mercado internacional é desvalorizado, reduzindo o lucro e encarecendo a produção ainda mais”, avalia Carlos Dupas, vice-presidente da Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM).

Segundo Dupas, além do setor produtivo, a indústria também sa! i prejudicada com a diminuição no valor do dólar, mas que o impacto é maior no campo. “A soja vai sofrer com a diminuição, além do milho que ganhou visibilidade internacional após as recentes discussões sobre a produção de biocombustíveis. As carnes suína, bovina e de frango também podem perder espaço”.

O vice-presidente da BBM sinaliza que, pelo aspecto da compra de insumos agrícolas, o dólar mais barato é benéfico, mas nem tanto. “A compra de insumos aumentou com as crescentes demandas da agroenergia. Porém, o preço dos adubos importados cresceu de 30 a 50 por cento, e em dólar. Logo, não há lado positivo. Algo precisa ser feito para não prejudicar a agricultura brasileira, incluindo a do Mato Grosso do Sul”, finaliza.







Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)