Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/11/2010 14:25

Queda da fecundidade no Brasil, diz IBGE

Isabela Vieira, Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve divulgar amanhã (4) informações preliminares do Censo 2010. O recenseamento, que começou em 1º de agosto, contou 96,8% da população e foi prorrogado até o final de novembro. Até o momento, os brasileiros somam 185 milhões, enquanto em 2000 eram 169 milhões.

De acordo com a assessoria de imprensa do IBGE, a partir da divulgação parcial dos dados, os municípios terão 20 dias para contestar as informações, tendo em vista que a verba repassada pela União ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) depende do número de moradores de cada localidade contabilizada pelo censo.

Durante o prazo de contestação, os recenseadores podem voltar a visitar determinados domicílios e checar as informações prestadas pelos moradores. A previsão é que no dia 27 de novembro os dados estejam consolidados. Nessa data, as informações serão repassadas ao Tribunal de Contas da União (TCU), que faz o cálculo para o repasse ao fundo dos municípios.

A coleta de dados do Censo 2010 nos 58 milhões de domicílios do país deveria ter terminado em todos os 5.565 municípios no último dia 31, mas foi prorrogada para a checagem de dados.

Informações preliminares divulgadas pelo IBGE já mostram mudanças na pirâmide etária brasileira, resultado da queda da fecundidade (número de filhos por mulher), do envelhecimento da população e da imigração de estrangeiros para o Brasil. Também foi constatada a redução do número de moradores por domicílio entre 2000 e 2010, de 3,79 para 3,34.

O censo é uma pesquisa nacional que tem o objetivo de traçar um retrato do país. Investiga as condições de infraestrutura dos domicílios como rede elétrica e de saneamento e aspectos como sexo, renda, trabalho, escolaridade, estado civil e religião.

Pela primeira vez, os questionários da pesquisa incluem perguntas sobre cônjuge do mesmo sexo, língua indígena, tempo de deslocamento para o trabalho e acesso à internet, por exemplo. As informações ajudarão no planejamento de políticas públicas e de investimentos privados.

Edição: Juliana Andrade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)