Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/05/2008 12:37

Quase 750 mil brasileiros não receberam o PIS/Pasep

Ana Luiza Zenker /ABr

Brasília - O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, divulga o balanço do pagamento do abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2006 e alerta os trabalhadores que ainda não sacaram o benefício
Brasília - A pouco mais de um mês do fim do prazo para o pagamento do abono social (PIS/Pasep), 743.863 brasileiros ainda não foram receber o salário extra a que têm direito. Esse valor equivale a cerca de 5% dos 14,18 milhões de trabalhadores que podem receber o benefício, no valor de R$ 415.

De 1º de julho de 2007 até agora já foram pagos quase R$ 5 bilhões provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Apesar disso, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, afirmou hoje (21) que a expectativa é alcançar o recorde de 97% de abonos pagos, referentes ao ano-base de 2006.

No exercício anterior, 2006/2007, quando foi pago o abono referente ao ano de 2005, a cobertura foi de 94,84%, o que significa que 11,14 milhões de trabalhadores receberam o benefício. Se a estimativa para este ano for alcançada, esse número deve alcançar 13,76 milhões de pessoas.

Tem direito a receber o Pis/Pasep todo brasileiro cadastrado há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado trinta dias com carteira assinada em 2006, com até dois salários mínimos registrados. Os interessados em saber se pode receber a quantia devem ir às agências da Caixa Econômica Federal (CEF).

“Então é só ele pegar a sua carteira de trabalho, que tem o número do PIS, e ir a qualquer agência da CEF, para receber um salário mínimo, que são hoje R$ 415, que faz falta para todo mundo”, explicou Lupi.

O dinheiro destinado ao pagamento do PIS/Pasep, que não for usado, volta ao FAT. “Individualmente, quem não saca, perde, mas o trabalhador como um todo, não, porque isso vai para o bolo, hoje nós temos cerca de R$ 170 bilhões de recursos nesse fundo de amparo”, concluiu o ministro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)