Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Últimas Notícias

21/05/2008 12:37

Quase 750 mil brasileiros não receberam o PIS/Pasep

Ana Luiza Zenker /ABr

Brasília - O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, divulga o balanço do pagamento do abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2006 e alerta os trabalhadores que ainda não sacaram o benefício
Brasília - A pouco mais de um mês do fim do prazo para o pagamento do abono social (PIS/Pasep), 743.863 brasileiros ainda não foram receber o salário extra a que têm direito. Esse valor equivale a cerca de 5% dos 14,18 milhões de trabalhadores que podem receber o benefício, no valor de R$ 415.

De 1º de julho de 2007 até agora já foram pagos quase R$ 5 bilhões provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Apesar disso, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, afirmou hoje (21) que a expectativa é alcançar o recorde de 97% de abonos pagos, referentes ao ano-base de 2006.

No exercício anterior, 2006/2007, quando foi pago o abono referente ao ano de 2005, a cobertura foi de 94,84%, o que significa que 11,14 milhões de trabalhadores receberam o benefício. Se a estimativa para este ano for alcançada, esse número deve alcançar 13,76 milhões de pessoas.

Tem direito a receber o Pis/Pasep todo brasileiro cadastrado há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado trinta dias com carteira assinada em 2006, com até dois salários mínimos registrados. Os interessados em saber se pode receber a quantia devem ir às agências da Caixa Econômica Federal (CEF).

“Então é só ele pegar a sua carteira de trabalho, que tem o número do PIS, e ir a qualquer agência da CEF, para receber um salário mínimo, que são hoje R$ 415, que faz falta para todo mundo”, explicou Lupi.

O dinheiro destinado ao pagamento do PIS/Pasep, que não for usado, volta ao FAT. “Individualmente, quem não saca, perde, mas o trabalhador como um todo, não, porque isso vai para o bolo, hoje nós temos cerca de R$ 170 bilhões de recursos nesse fundo de amparo”, concluiu o ministro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 29 de Março de 2017
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)