Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/09/2009 11:40

Quartiero pode deixar ainda hoje carceragem da PF

Paula Laboissière , Agência Brasil

Brasília - O produtor de arroz Paulo César Quartiero pode ser liberado ainda hoje (15) pela Polícia Federal, em Roraima. Ele foi preso na tarde de ontem (14) durante confronto entre arrozeiros e a Polícia Militar do estado no Parque Anauá, em Boa Vista.

Quartiero e outros manifestantes bloquearam a entrada do parque depois de serem impedidos de entrar no local onde o presidente Luiz Inácio Lula da Silva faria um discurso, durante visita ao estado.

De acordo com o tenente-coronel Vaney Raimundo Filho, responsável pelo policiamento da capital, já havia um mandado antigo de prisão contra Quartiero emitido pela Polícia Federal, em Roraima. Ele é acusado de provocar danos a uma viatura da PF e, por essa razão, foi levado do local do protesto para o hospital – por conta de ferimentos na cabeça – e, em seguida, foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal.

Quartiero também vai responder pelos crimes de desobediência, desacato, resistência e agressão física, desta vez, na Polícia Civil de Roraima, durante os protestos de ontem. Segundo Filho, que comandou a operação no parque, o produtor e outros três manifestantes foram presos depois de lançarem cadeiras e até mesmo urina e fezes em policiais militares.

Mas as acusações contra Quartiero, de acordo com o tenente-coronel, correspondem a crimes “de menor poder ofensivo”, e a liberação pode ocorrer ainda hoje, mediante pagamento de fiança – tanto na Polícia Federal, em Roraima, quanto na Polícia Civil do estado.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)